Lava Jato apura fraudes de R$ 7,7 bilhões na Petrobras

Em novo desdobramento, força-tarefa investiga transações de câmbio suspeitas
-Publicidade-
Polícia Federal cumpre mandado de busca e apreensão no Rio (na foto, sede da Petrobras), em São Paulo e em Teresópolis (RJ) | Foto: Fernando Frasão/Agência Brasil
Polícia Federal cumpre mandado de busca e apreensão no Rio (na foto, sede da Petrobras), em São Paulo e em Teresópolis (RJ) | Foto: Fernando Frasão/Agência Brasil | operação lava jato, câmbio, banco paulista, lavagem de dinheiro, corrupção

Em novo desdobramento, força-tarefa investiga transações de câmbio suspeitas

operação lava jato, câmbio, banco paulista, lavagem de dinheiro, corrupção
Polícia Federal cumpre mandado de busca e apreensão no Rio (na foto, sede da Petrobras), em São Paulo e em Teresópolis (RJ) | Foto: Fernando Frasão/Agência Brasil
-Publicidade-

A Polícia Federal e o Ministério Público Federal deflagraram nesta quinta-feira,10, a 74ª fase da Lava Jato, a Operação Sovraprezzo (sobrepreço, em italiano).

Desta vez, 25 mandados de busca e apreensão são cumpridos em São Paulo, Rio de Janeiro e Teresópolis — na região serrana do Rio.

A operação investiga um esquema de fraudes em operações de câmbio da Petrobras com o Banco Paulista. As transações chegaram a R$ 7,7 bilhões entre 2008 e 2011.

Leia também: “Augusto Aras dá mais quatro meses de vida para a Lava Jato de Curitiba”

O juiz Luiz Antônio Bonat, da 13ª Vara Federal de Curitiba e responsável pela operação, também determinou a intimação de três pessoas no Rio e o bloqueio de bens no Brasil e no exterior, que chegam a R$ 97,9 milhões, de 22 pessoas envolvidas no caso.

Três executivos do banco em São Paulo, cinco no Rio de Janeiro, cinco funcionários da área de câmbio da Petrobras e quatro familiares deles são suspeitos de corrupção passiva e ativa, lavagem de dinheiro e associação ou organização criminosa.

 

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site