Mandetta: ‘O presidente está certo quando fala que a crise econômica vai matar pessoas’

Para ele, também é necessário que haja uma ação conjunta entre a União e os Estados para combater o avanço do coronavírus
-Publicidade-
Ex-ministro é alvo de uma ação civil pública por supostos desvios na saúde | Foto:  | Foto: Isac Nóbrega/PR
Ex-ministro é alvo de uma ação civil pública por supostos desvios na saúde | Foto: | Foto: Isac Nóbrega/PR

Para ele, também é necessário que haja uma ação conjunta entre a União e os Estados para combater o avanço do coronavírus

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, afirmou no sábado 28 que é compreensível o presidente Jair Bolsonaro estar preocupado com os impactos do coronavírus na economia brasileira. “O presidente está certíssimo quando fala que a fome vai matar pessoas”, disse o ministro numa entrevista coletiva.

Segundo Mandetta, sua equipe está trabalhando com o Ministério da Economia no combate à covid-19. “Somos 100% engajados para achar a solução com a equipe da Economia”, garantiu, ao mencionar que a logística também está no radar. “Se não a tivermos, como a pessoa vai encontrar alimento no supermercado?”

-Publicidade-

Para ele, é necessária uma ação conjunta entre a União e os Estados. “Vamos acertar, errar, ter dias bons e ruins. Estamos ainda conhecendo qual vai ser o dano desse vírus”, afirmou.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.