Novo programa social do governo incluirá mais 10 milhões de famílias

Com aval do presidente Jair Bolsonaro, Renda Cidadã  será criado em negociação no Congresso e terá um custo de R$ 30 bilhões.
-Publicidade-
O senador Márcio Bittar afirma ter rcebido aval do presidente Jair Bolsonaro para criar o Renda Cidadã no Congresso | Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado
O senador Márcio Bittar afirma ter rcebido aval do presidente Jair Bolsonaro para criar o Renda Cidadã no Congresso | Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado | renda cidadã, bolsa família, jair bolsonaro, governo federal, congresso nacional, márcio bittar, renda básica

Com aval do presidente Jair Bolsonaro, Renda Cidadã será criada em negociação no Congresso e terá um custo de R$ 30 bilhões

renda cidadã, bolsa família, jair bolsonaro, governo federal, congresso nacional, márcio bittar, renda básica
O senador Márcio Bittar afirma ter rcebido aval do presidente Jair Bolsonaro para criar o Renda Cidadã no Congresso | Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado
-Publicidade-

Depois de ameaçar dar um “cartão vermelho” à equipe econômica se voltasse a falar sobre o Renda Brasil, o presidente Jair Bolsonaro parece não ter desistido completamente do objetivo de melhorar o Bolsa Família e ampliá-lo.

Tanto que, nessa quarta-feira, o senador Márcio Bittar (MDB-AC), relator da Proposta de Emenda Constitucional do Pacto Federativo, anunciou que recebeu autorização do chefe do Palácio do Planalto para começar as negociações e criar um novo programa social nesse sentido no Congresso. E já tem até o nome: Renda Cidadã.

“Posso dizer que estou autorizado a fechar o relatório e apontar a fonte de recursos para o novo programa”, afirmou Bittar. “Isso foi acertado com o presidente e todos os líderes.”

O Renda Cidadã deverá abarcar mais 10 milhões de famílias desassistidas, com um custo anual de R$ 30 bilhões.

Leia também: Renda mínima: é bom para o Brasil?

O presidente gostaria que o valor do benefício ficasse em torno de R$ 300, maior do que os atuais R$ 200 do Bolsa Família.

O grande desafio do Congresso agora será descobrir de onde conseguir os recursos necessários para que o projeto possa sair do papel sem estourar o teto orçamentário e sem “tirar do pobre para dar a paupérrimos”, como frisou Bolsonaro antes de se irritar com sua equipe.

Por enquanto, as ordens tanto na Câmara, quanto no Senado são de não entrar em detalhes sobre o Renda Cidadã para evitar ruídos que possam fazer com que ele tenha o mesmo destino do Renda Brasil: terminar enterrado.

 

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 comentário

  1. Vamos focar em criar emprego meus senhores.
    Vamos começar desonerando a folha de pagamento e fazendo a reforma tributária.
    Quem gosta de bolsa esmola é esquerdista.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site