Principal evento de promoção do liberalismo no mundo está mantido para 2020

Encontro de organização internacional composta por liberais vai acontecer em setembro, em Oslo. Serão debatidas as perspectivas institucionais dos modelos nórdicos e o futuro da China diante da globalização
-Publicidade-
Diretor-executivo do Interlegis, Márcio Coimbra | Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

A propagação do coronavírus não vai impedir a realização do encontro geral da Mont Pelerin Society (MPS), organização internacional composta por economistas, filósofos, escritores e políticos liberais que promovem o liberalismo e seus valores no mundo. Entre 1º e 5 de setembro deste ano, os integrantes estarão reunidos em Oslo, capital da Noruega.

-Publicidade-

Os encontros gerais da MPS ocorrem a cada dois anos. As edições contam com a presença de membros da sociedade internacional e representantes de instituições liberais para renovar as estruturas da liberdade e do liberalismo, sendo, portanto, o principal evento de divulgação das ideias de John Locke e Adam Smith.

Na edição deste ano, serão discutidas as perspectivas institucionais dos modelos nórdicos e questões relativas à democracia liberal. Haverá, ainda, um painel especial para discutir o futuro da China diante da globalização. Em meio ao coronavírus, membros preveem que será um dos mais importantes debates ao longo dos quatro dias de evento.

A expectativa de seus integrantes é grande em relação à edição deste ano porque o mundo inteiro passa por uma reorganização global e econômica diante do coronavírus, ressalta o diretor-executivo do Interlegis, Márcio Coimbra, um dos 10 brasileiros da MPS. “Como vamos ter impactos econômicos muito fortes, acredito que este é o fórum específico onde nós, membros, discutiremos soluções que podem ajudar a tirar o mundo dessa crise global”, destaca.

Nobel

A MPS foi fundada em 1947 por algumas das principais mentes liberais do século XX. Entre seus membros notáveis, destacam-se Friedrich Hayek, Milton Friedman, George Stigler, James Buchanan, Maurice Allais, Ronald Coase, Gary Becker, Vernon Smith e Mario Vargas Llosa. Todos eles laureados pelo Nobel.

Além deles, Ludwig von Mises, principal expoente da Escola Austríaca, foi um dos fundadores. Entre os membros vivos, dois deles são colunistas da Oeste: Ian Vásquez e Deirdre McCloskey.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 comentário

  1. Tomara que surjam ideias de como barrar o crescimento do poder econômico chinês, que está dominando a economia da maioria dos paises do ocidente.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site