SP: PF prende juiz federal por venda de sentenças em precatórios milionários

Em 30 jun 2020, 16:25

SP: PF prende juiz federal por venda de sentenças em precatórios milionários

30 jun 2020, 16:25

Além de um juiz federal, foram cumpridos 20 mandados de busca e apreensão em São Paulo, Mairiporã (SP) e Brasília

policia federal - PF

Foto: Agência Brasil

A Polícia Federal prendeu nesta terça-feira, 30, o juiz Leonardo Safi de Melo, da 21ª Vara Cível Federal, sob acusação de participar de esquema de venda de sentenças em São Paulo.

A investigação foi autorizada pelo Tribunal Regional da 3ª Região e mirou recebimento de propinas ao magistrado e servidores públicos em troca de decisões favoráveis em casos de requisições de pagamento (precatórios).

Uma das ações judiciais investigadas tratava de processo de desapropriação de imóveis rurais.

A organização criminosa teria solicitado vantagens indevidas para expedir um precatório no valor de R$ 700 milhões. O grupo criminoso cobraria então 1% do valor.

LEIA TAMBÉM: Covidão: Governador do Amazonas é alvo da PF

Outras cinco pessoas foram alvo de prisão temporária, autorizadas pelo TRF-3, que determinou o sequestro de bens dos investigados.

O grupo é investigado por organização criminosa, lavagem de dinheiro, corrupção passiva e ativa, concussão e peculato.

Com informações do Estadão Conteúdo.

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

5 Comentários

  1. No máximo, vai ser aposentado com salário da ativa. Essa é a nossa “justiça”.

    Responder
  2. Esse Juiz vai ser punido “severamente”
    Vai ser aposentado, recebendo o salário atual. Coitado dele, é muito sofrimento!!!

    Responder
    • E pensar que o Brasil paga 1,3-% do PIB para manter o mais incompetente Judiciário do continente, quiçá do mundo!

      Responder
  3. Brasil, o Estado Criminoso de Direito, aprovado pelo STF, vergonha nacional.

    Responder
  4. Se essa moda pega…

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa news

Coronavírus

Oeste Notícias