Leblon com bares abertos tem aglomerações e debates nas redes sociais

Em 3 jul 2020, 15:04

SP sem bares abertos. Enquanto isso, no Leblon….

3 jul 2020, 15:04

Diferentemente da capital paulista, bairro da zona sul carioca reabre estabelecimentos, com direito a aglomerações e discussões nas redes sociais

bares do leblon

Foto: REPRODUÇÃO/TWITTER

Maior cidade do Brasil, São Paulo segue sem ter bares e restaurantes abertos. Enquanto que essa parte do comércio paulistano prossegue no aguardo de novas decisões do prefeito Bruno Covas, o Rio de Janeiro está em outra situação. Com bares reabertos desde quinta-feira, 2, a “Cidade Maravilhosa” já presenciou situações nem tão maravilhosas assim. Como no bairro do Leblon, na zona sul.

Além de ambientes lotados durante a primeira noite de bares reabertos, o Leblon se tornou protagonista nas redes sociais. Isso porque fotos e vídeos evidenciando aglomerações fizeram com que internautas colocassem o nome do bairro carioca em evidência em plataformas como Facebook, Instagram e Twitter (onde tem, inclusive, figurado na lista de termos mais populares desta sexta-feira).

O jornalista André Trigueiro avisou que o “egoísmo mata”:

Os inocentes do Leblon

“Os inocentes do Leblon,Esses nem sabem de vocêNem vão querer saber”#EgoísmoMata

Posted by André Trigueiro on Friday, July 3, 2020

Por falar em matar, Fernando Lopes avisou que, para ele, poderia “morrer todo mundo” que estava nos bares do Leblon:

Leblon, primeira noite de liberação dos bares.Por mim pode morrer todo mundo, preferencialmente da maneira mais…

Posted by Fernando Lopez on Friday, July 3, 2020

Carlos Alberto Fumes destacou, por sua vez, que teve gente que foi ao bar e “agradeceu” pelo fim do período de isolamento social:

Posted by Carlos Alberto Fumes on Friday, July 3, 2020

Diante da situação dos bares do bairro carioca, Felipe Pimentel questionou do que adiantou o combo de regras de confinamento:

Com a aglomeração, tem que questionasse a fiscalização — ou a falta dela — por parte da prefeitura do Rio de Janeiro:

View this post on Instagram

Um vídeo divulgado hoje nas redes sociais mostra bares do Leblon lotados na noite de ontem. A cena mostra o descumprimento de uma das regras básicas: o distanciamento social. Cabe à prefeitura fiscalizar e aos donos de estabelecimentos e frequentadores seguir as regras. Caso contrário poderemos  entrar em nova fase de medidas restritivas o que poderá significar a falência definitiva de muitos bares e restaurantes. – #atilanunesvereador #riodejaneiro #leblon #coronavirus #zonasulrj #covid19 #leblonrj #coronavírus #covid_19 #secuidem #rio #errejota #riomeuamor #rio40graus #021rio #pandemia #coronavirusriodejaneiro #isolamentosocial #rj40graus #riodejaneiroinstagram #rj021 #cidademaravilhosa #vejario #riomais #ig_riodejaneiro #diariodorio #rioportodos #carioca #cariocas #cariocadagema

A post shared by Átila A. Nunes (@atilanunesrj) on

Daniela Abrantes foi direta. Com imagem de um bar do Leblon, ela afirmou: quanto mais conhece as pessoas, mais ama os animais:

View this post on Instagram

Quanto mais conheço os humanos,mais amo os animais.A maior pobreza é só ter dinheiro. Egoísmo.Vacina não temos,ok? Acho um desrespeito à vida. Como cidadã,sempre adotei todas as medidas de segurança para não me contaminar e não transmitir o vírus para quem é importante pra mim e para as demais pessoas. Usando Uber pra me deslocar, tomando banho completo ao chegar, álcool gel e em spray, nunca comi nada na rua e nunca tirei máscara ao circular e, o mais importante, NÃO me aglomerei. Sábado passado me reuni com amigos recuperados do Covid, mas foi EM CASA. Pensem! Se o vírus está no ar, como comer em restaurante com ambiente fechado? Por mais que tenha mesa do lado de fora você vai ter que tirar a máscara pra comer,certo? É aí que você se contamina porque vai estar na rua, com gente passando! 5 meses tomei e estou tomando todos os cuidados devidos pra não expor ninguém ao perigo. Até água só bebo quando chego em casa ou quando estou num ambiente fechado, saio unicamente para resolver questões pessoais e de trabalho. Olha o tanto de gente aglomerados e nem é fds!Por favor, bom senso. Continuem pedindo em casa, é mais seguro.Pensa que reabriu para alimentar vidas, respeitem as normas. Mauricinhos e patricinhas que não pensam nas mortes. Meu aniversário é segunda ,e o de tanta gente foi comemorado em casa,e essa galera pensa que são melhores do que todo o resto do mundo que está abdicando de prazeres pra poupar o próximo da pandemia? Vai sextar com alguém? Ok. A vida é tua. Tenha certeza de sextar em segurança. Tenha certeza de que a pessoa é um humano que se preocupa com o próximo. Porque pelas atitudes é que realmente conhecemos as pessoas. Sem modéstia nenhuma,eu tenho MUITO orgulho de mim, pois tenho sido e sempre serei uma pessoa do bem que trata o próximo com atenção, carinho e amor. E sei que muitos pensam igual. Esta culpa aí eu não carrego.Tenho honra. Consciência limpa. É aquela. Cada um é grandinho e sabe de si e de suas escolhas. Se "aglomere" com quem tem bom coração. Valor,é raro. Reflitam. Boa tarde. @deolhonorio Daniele Abrantes @danieleabrantesescritora #leblon#reaberturadosbareserestaurantes#aglomeracao#vergonha#repudio#zonasul#errejota

A post shared by Daniele Abrantes (@danieleabrantesescritora) on

No Twitter, figuras públicas se manifestaram. Uma delas foi a atriz e apresentadora Tatá Werneck:

José Simão, da rádio BandNews FM, fez menção ao site Sensacionalista:

O personagem Joaquin Texeira sinalizou que o tratamento com o Leblon foi diferente:

Para a cantora Teresa Cristina, é preciso mudar verso de poema de Carlos Drummond de Andrade:

O narrador Milton Naves ponderou que a aglomeração pode resultar em mortes:

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

7 Comentários

  1. Esses q.estao criticando são os que moram em mansões ou aptos.com piscinas,academia e outras tantas mordomias .

    Responder
  2. Passa pela cabeça dos críticos que tem gente que prefere VIVER a SOBREVIVER?

    Responder
  3. Por onde andavam os ilustres críticos covideiros durante as aglomerações terroristas de Antifas, Gaviões, Mancha e PTralhas? Com certeza, estavam degustando belos vinhos servidos por seus mordomos, que infelizmente são obrigados a se expor ao vírus da demência de seus patrões, e assistindo tudo de seus camarotes vip. Santa hipocrisia!

    Responder
  4. Antes de criticar, deveríamos perguntar ao milhares de mortos, milhares de infectados e aos milhares de curados se adiantou ficar em casa. Tem muita gente que por medo da morte abriu mão da vida. Devemos deixar que cada um decida como vai se comportar nesse século qto a pandemia. Vai quem quer.

    Responder
    • Concordo totalmente com vc, Marcelo Gurgel. Todos são adultos e donos da sua vida. Parem de se meter na vida dos outros. Cada um sabe de si. Que gente chata. Só pra esclarecer: sou terceira idade, moro no interior, não bebo, não frequento balada e estou em isolamento. Mas cuido SÓ da minha vida

      Responder
      • Também tenho a mesma opinião. Cambada de demagogos! Vi um vídeo de um idoso italiano que bradava: prefiro um dia de leão a cem dias de ovelhas.
        Perfeito! Cada um tem a liberdade para fazer o que quiser.

        Responder
      • Mas a questão não é essa Rosângela…não é uma questão de abrir mão da vida, de cada um ter a liberdade de fazer o que quiser….se fosse uma atitude em que a consequência refletisse somente em que está se arriscando, problema de cada um mesmo…, mas não é isso que ocorre, ao se exporem aumentam os riscos de propagação e muitos assintomáticos estariam propagando a doença. E levando para outros lugares, contaminando outras pessoas…gente que se protege, gente que precavê de toda forma, gente que sai para trabalhar para se sustentar porque precisa…ou você acha que o vírus vai escolher quem contaminar? Esse egoísmo é inaceitável…

        Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa news

Coronavírus

Oeste Notícias