STF arquiva inquéritos abertos a partir da delação de Sérgio Cabral

Edição da semana

Em 15 set 2020, 21:58

STF arquiva inquéritos abertos a partir da delação de Sérgio Cabral

15 set 2020, 21:58

Dias Toffoli foi o responsável pela decisão enquanto ainda estava na presidência da Corte

sérgio cabral - delação arquivada pelo stf

O ex-governador Sérgio Cabral; delação homologada, mas ela não vale em investigações no STF | Foto: ARQUIVO/AGÊNCIA BRASIL

Os 12 inquéritos que corriam no Supremo Tribunal Federal (STF) a partir de delação premiada fechada pelo ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral com a Polícia Federal foram arquivados. A decisão foi tomada de forma monocrática por Dias Toffoli enquanto ele ainda presidia a Corte, informa o portal G1 na noite desta terça-feira, 14.

Leia mais: “Revista revela a relação entre Toffoli e empreiteiras”

Dessa forma, Toffoli demonstrou ter entendimento diferente de um de seus colegas de STF. Isso porque as investigações abertas a partir da delação de Cabral foram inicialmente autorizadas pelo ministro Edson Fachin. Na delação, o ex-governador fluminense citou membros do Tribunal de Contas da União (TCU) e figuras do Poder Judiciário, como, por exemplo, ministros do Superior Tribunal de Justiça (STJ).

O ex-presidente do STF, contudo, concordou com a Procuradoria-Geral da República (PGR). Afinal, a decisão sobre arquivar inquéritos só foi analisada pelo ministro do STF porque a PGR argumentou que não havia elementos que justificassem as investigações.

Opinião de Silvio Navarro: “Não paira mais dúvida sobre Dias Toffoli. Paira vergonha”

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

2 Comentários

  1. Tão importante quanto a eleição presidencial em 2018, vai ser a eleição do presidente do senado brasileiro. O Brasil vai aplaudir se Bolsonaro conseguir emplacar o presidente do senado, só assim conseguiremos colocar esses ratos p fora do STF. Bolsonaro venda a mãe (coitada da velhinha) é por uma justa causa. Mas pegue a presidência do senado.

    Responder
    • Entenda que não depende tão somente de Bolsonaro, ou mesmo de seu staff governamental. Se nós BRASILEIROS ñ fizermos a nossa parte, jamais encaminharemos nossa Pátria. Em 2013 acordamos e em 5 anos afastamos o EXECUTIVO dessa trama sórdida, que foi o CONLUIO entre os 3 poderes, ajustado pelos comunistas, travestidos de sociais democratas como FHC, desde o “desaparecimento” de Tancredo Neves. Outros golpes se sucederam, passando por aviões caindo, casuismo gov Itamar, facadas e assassinatos não esclarecidos. A contenda com esse congresso fisiológico, em quem votamos e nos traem assintosanente, é pura responsabilidade NOSSA. Se não tomamos providências, se não vamos para uma PRESTAÇÃO DE CONTAS definitiva contra esse MECANISMO, porque exigir tal tarefa do PRESIDENTE? Porquê o STF haje contra a constituição CIDADÃ e monocraticamente? Óbvio, se não assustamos nem quem votamos, imaginem a responsabilidade que têm CONOSCO esses indicados de ex presidentes GENOCIDAS? Ah para!!! Dia 1° de fevereiro/21 poderemos ter Aílton Lyra e Fernando Bezerra nas presidências daqueles pardieiros, e certamente a globolixo e a Foice de São Paulo anunciarão que Sarney (poxa, o Sarney), Juca, Renan Calheiros, Lula, Ze Dirceu, Aécio, Richa, Andrade, Pimentel, Sérgio Cabral, Paes, membros do judiciário corrupto, e todos os vagabundos que já dizimaram os sonhos de milhões de brasileiros, finalmente recolocam o Brasil nos trilhos. Qual pandemia é pior? A da omissão, da isenção ou da cobrança covarde? Não queiramos que este ótimo PRESIDENTE, a esperança, esteja sempre à mercê dos infortúnios. Hajamos brasileiros, enquanto é tempo e a guerra nem começou. A esperança Macri foi enterrada pelos próprios argentinos, instruídos pelo premier chinês. Hoje sequer compro marcas lá fabricadas ou sintonizo qq canal Globo, tal a preocupação com o nosso BRASIL. Minha Bandeira Nacional está sempre hasteada, e não tem pequenas dimensões.

      Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter

Colunistas

Garota, eu não vou para a Califórnia

Políticas progressistas tolerantes ao crime, elevados gastos sociais sem planejamento, aumento da população de rua e regulação cara e complexa para negócios provocam o êxodo californiano

A magia do boicote

Se todo mundo se comportar, Paulo Coelho pode desistir do boicote e fazer chover na Amazônia pra acabar com as queimadas

O Brasil na hora da verdade

Com o rombo nas contas públicas e o colapso da economia, a pauta das reformas ganha urgência, mas enfrenta as resistências de sempre

E-stônia, o país na nuvem

O que podemos aprender com a Estônia, o país que se livrou do comunismo para tornar-se uma república digital

Como as democracias morrem

Sim, há riscos à democracia. E eles vêm da esquerda e não da chamada “direita populista”

Por que há socialistas com mais de 30 anos

Duas razões: todos nós crescemos em famílias, que são pequenas comunidades socialistas; e na economia contemporânea é difícil estabelecer a conexão entre esforço e recompensa

O Ocidente em guerra com seu passado

O que está em jogo não são apenas estátuas e outros símbolos físicos do passado, mas a preservação do espírito que inspirou as conquistas civilizacionais da cultura ocidental

Fracasso governamental

“Os governos fracassaram de modo retumbante na crise do coronavírus. Mas também não há evidências de que o...

Você não pode perder

A VOZ DAS REDES

Uma seleção de tuítes que nos permitem um olhar instigante do mundo, ajudam a pensar e divertem o espírito

LEIA MAIS

Revista Oeste — Edição 27 — 25/09/2020

Oeste Notícias

R$ 19,90 por mês