STF fará audiência pública sobre situação ambiental - Revista Oeste

Edição da semana

Em 20 set 2020, 20:54

STF fará audiência pública sobre situação ambiental

20 set 2020, 20:54

Reunião terá integrantes do governo federal, organizações da sociedade civil, institutos de pesquisa, acadêmicos e empresários

Barroso

Ministro do STF Luís Roberto Barroso | Foto: Nelson Jr./SCO/STF

O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal, convocou uma audiência pública para debater a situação ambiental e o funcionamento do Fundo Nacional sobre Mudança do Clima.

As reuniões acontecerão amanhã, segunda-feira 21, e terça-feira e reunirão integrantes do governo federal, organizações da sociedade civil, institutos de pesquisa, acadêmicos e empresários. O evento será virtual.

LEIA MAIS: “Mourão questiona: ‘Amazônia em chamas?'”

A audiência pública começa na véspera do discurso do presidente Jair Bolsonaro na Assembleia-Geral da Organização das Nações Unidas (ONU).

Ação

A decisão foi tomada em uma Ação Direta de Inconstitucionalidade por Omissão, apresentada ao STF por quatro partidos de oposição – PT, Psol, PSB e Rede.

Eles apontam omissão do governo federal por não adotar providências para o funcionamento do Fundo Nacional sobre Mudança do Clima, que teria sido indevidamente paralisado em 2019 e 2020, bem como diversas outras ações e omissões na área ambiental.

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

6 Comentários

  1. FUNDO NACIONAL SOBRE MUDANÇA DE CLIMA… Esta explicado, a esquerdalha quer o de sempre: GRANA!

    Responder
  2. Lá vem mais uma do militante esquerdista que quer reescrever a Constituição.

    Responder
  3. nao precisa de audiencia publica coisa nenhuma, pois basta fazer uma mesa redonda com o Felipe Neto, Italo Iamarino, CAÊ (Jones Maciel, guru do Caetano Veloso, que endeusou Stalin na Phoice SP), Peppa, Frota, Luciano Ayan, Kim Cataguiri e mais algunzinhos da turma do selinho azul.

    Responder
  4. Falta-lhes credibilidade para tratar de assuntos que não são de suas competências. Seria bom que se dedicassem à jurisprudência constitucional, com honestidade intelectual e conhecimento, que prestariam um serviço meritório à Nação.

    Responder
  5. Será que o STF não tem nada para fazer de importante? É só sabotagem ao governo? Tanta coisa parada e vão fazer a audiência na véspera da fala do presidente numa clara demos tração de jogo político.

    Responder
  6. Esse STF é um lixo, seres que vivem totalmente fora da realidade mas que se acham os donos da verdades, os deuses do Olimpo, asco dessa gente, que só faz atrapalhar o progresso do nosso país.

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter

Colunistas

O crime acima de todos

Não é que as instituições estejam funcionando mal, ou passando por alguma anomalia — ao contrário, elas são organizadas de maneira a tornar inevitáveis resultados como o que beneficiou André do Rap

O “cancelamento” contra a arte

Caso a sociedade se submeta a essa versão gourmetizada do stalinismo, nossos filhos e netos não terão o que ler, ouvir ou assistir

A segunda onda de hipocrisia

Em que pesem as comprovações de ineficácia dos lockdowns, enganadores como Emmanuel Macron fingem ter um mapa de bloqueio de contágio

Alerta: pesquisas à vista!

Por que as sondagens eleitorais erram tanto, como isso distorce o processo democrático e o que se pode fazer

O capitalismo pode salvar o mundo?

O sistema não é uma ideologia de laboratório, como o comunismo. É uma força viva, dinâmica, que há milênios se aperfeiçoa na satisfação das necessidades humanas

A coerção e o coronavírus

A necessidade de restrições ocasionais não deve abalar os fundamentos do verdadeiro liberalismo, sustentado no “inovismo” e no “adultismo”

Uma guerra civil nos EUA?

A mídia recusa-se a noticiar o que é evidente aos olhos de seus espectadores, e intelectuais argumentam que “saques e protestos violentos são vivenciados como eventos alegres e libertadores”

Você não pode perder

A VOZ DAS REDES

Uma seleção de tuítes que nos permitem um olhar instigante do mundo, ajudam a pensar e divertem o espírito

LEIA MAIS

Oeste Notícias

R$ 19,90 por mês