STJ nega prisão domiciliar a Cabral - Revista Oeste

Edição da semana

Em 30 jun 2020, 17:45

STJ nega prisão domiciliar a Cabral

30 jun 2020, 17:45

Defesa do ex-governador do Rio tentava tirá-lo de presídio com habeas corpus sob alegação de que corria risco de contrair coronavírus

domiciliar, sergio cabral, stj, habeas corpus

STJ negou habeas corpus a Cabral mais uma vez | Foto: Governo do Estados do Rio de Janeiro

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou por unanimidade, nesta terça-feira, o habeas corpus ao ex-governador do Rio de Janeiro, Sergio Cabral.

Os defensores pediam que ele saísse do Complexo Penitneciário de Gericinó pois temem que lá ele pode ser infectado pela covid-19.

Na decisão, o ministro Rogério Schietti, relator do processo, afirmou que Cabral está preso em unidade sem foco de contágio e acrescentou que os crimes do ex-governador são de “magnitude ímpar”, a ponto de terem contribuído para a crise econômica do Estado.

Ainda de acordo com Schietti, Cabral é preso de alta periculosidade, com “condenações, ainda não definitivas, que somam centenas de anos de reclusão”.

E dizendo, em conclusão, que o presídio onde está Cabral não tem notícias de superlotação ou contaminação pela covid-19.

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 Comentário

  1. Eu acho que a corrupção deve ser tratada de maneira firme e sem facilidades para o condenado mas fico pensando por que Eduardo Cunha e Sérgio Cabral estão ainda presos com todos os hcs rejeitados enquanto Lula e Dirceu passaram.alguns anos presos e já estão soltos. Me parece dois pesos e duas medidas. Lula, por exemplo era presidente da República. E eles ainda tem mais anos para cumprir. A última instância não servem para Eduardo Cunha e Cabral?

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter

Colunistas

Vacinação sem vacina

Falar em obrigar a população inteira a se vacinar — com uma vacina que não existe — significa o quê? Um negócio da China?

Alerta: pesquisas à vista!

Por que as sondagens eleitorais erram tanto, como isso distorce o processo democrático e o que se pode fazer

Supremas diferenças

Ao compararmos o STF à Suprema Corte dos Estados Unidos, o choque é violento

A coerção e o coronavírus

A necessidade de restrições ocasionais não deve abalar os fundamentos do verdadeiro liberalismo, sustentado no “inovismo” e no “adultismo”

Uma guerra civil nos EUA?

A mídia recusa-se a noticiar o que é evidente aos olhos de seus espectadores, e intelectuais argumentam que “saques e protestos violentos são vivenciados como eventos alegres e libertadores”

Você não pode perder

A VOZ DAS REDES

Uma seleção de tuítes que nos permitem um olhar instigante do mundo, ajudam a pensar e divertem o espírito

LEIA MAIS

Oeste Notícias

R$ 19,90 por mês