Suécia peita a China e decide proibir Huawei e ZTE - Revista Oeste

Edição da semana

Em Em 20 out 2020, 09:30

Suécia peita a China e decide proibir Huawei e ZTE

20 out 2020, 09:30

País garante que as duas empresas praticam espionagem e roubo de propriedade intelectual

suécia

Cerco está se fechando sobre o PCO | Foto: Kãlis Dambrãns/Flickr

O governo da Suécia disse não ao Partido Comunista (PCO) e baniu os grupos de telecomunicações chineses Huawei e ZTE de sua rede móvel 5G. Em comunicado, as autoridades garantem que as duas empresas asiáticas praticam a espionagem e o roubo de tecnologia. “A China é uma das maiores ameaças ao nosso país”, afirmou o chefe dos serviços de segurança da Suécia, Klas Friberg, em entrevista coletiva. “Não podemos comprometer a nossa segurança”, acrescentou. A proibição na Suécia é o mais recente desdobramento na luta geopolítica contra a Huawei. Reino Unido, Estados Unidos, França e Índia já negaram os serviços chineses. Além disso, empresários de Portugal anunciaram boicote à companhia estatal.

Leia também: “5G: muito mais do que um celular melhor”, artigo de Dagomir Marquezi publicado na edição n° 23 da Revista Oeste

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

6 Comentários

  1. Não podemos permitir, também, o avanço territorial que a China vem obtendo no País com o auxílio dos partidos de esquerda e da imprensa venal!
    Isso tem que ficar cada vez mais claro para os nossos Congressistas, pois que nem todos serão pagos pela China, de alguma maneira, para continuarem sabotando e nos traindo!
    Nossa manifestação nas ruas é vital para o bem do País!

    Responder
    • Concordo é apoio sua colocação.

      Responder
    • Esse é bom pensamento de todo nós, brasileiros, patriotas!!
      Estamos correndo perigo, muito maior do que imaginam…???

      Responder
  2. Podemos começar derrubando um dos grandes defensores do pcc chines, o mesmo que visitou aquele país há mais de 1 anos e comprou as vacinas que agora quer obrigar a população a tomar. #ForaDoria

    Responder
  3. Espero q a equipe do presidente Bolsonaro e o próprio presidente leia este comentário. Presidente, EXCLUA a Huawei do 5g no Brasil. A empresa é o próprio governo chinês roubando informações do mundo. Em todos os lugares, as mesmas denuncias. Faça uso da parceria americana, só teremos a ganhar. Exclua a Huawei, o Brasil do bem te apoia, não tema!

    Responder
  4. Tem mesmo que peitar esse dragão enfurecido faminto desgraçado excitado do cacildis. E dane-se aqueles que acham que já está tudo decidido e que não se pode fazer nada! Quem diz isso é um khordeirinho que merece ser enrabado pelo pênis maçiço do dragão infernal! Se não fossem as cruzadas onde cristão se armavam até os dentes e cortavam muçulmanos ao meio, vocês khordeirinhos covardes não teriam a possibilidade de estar praticando o cristianismo hoje, TÁ BOM?

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter

Colunistas

O império dos sem-voto

Há cada vez mais pessoas que nunca receberam um único voto na vida, e não têm mandato nenhum, dizendo o que o cidadão deve ou não deve fazer

O mal de roupa nova

O Partido Democrata não esconde as intenções: quer mais coletivismo, menos autonomia dos Estados, maior controle exercido pelo Executivo central e intervenção na economia

A nova Torre de Babel

Ao contrário do mito bíblico, a torre atual está sendo edificada com base na confusão proposital das palavras por indivíduos desprovidos de inteligência e coragem

Segundo turno nupcial

“Ué, você tá torcendo pra mim?” / “Não sei. Estou indeciso”

A imprensa morre no escuro

A atividade que já foi chamada de “quarto poder” escorrega perigosamente para a irrelevância

O resgate de Tocqueville

O desprezo pelo cristianismo, tão comum em meios “progressistas”, representa um perigoso afastamento dos pilares norte-americanos

A coerção e o coronavírus

A necessidade de restrições ocasionais não deve abalar os fundamentos do verdadeiro liberalismo, sustentado no “inovismo” e no “adultismo”

Uma nova doença: o vício em desculpas

Poucas figuras públicas têm a força de caráter para se recusar a pedir desculpas aos identitaristas, que gostam de desempenhar o papel de vítimas permanentes

Você não pode perder

A VOZ DAS REDES

Uma seleção de tuítes que nos permitem um olhar instigante do mundo, ajudam a pensar e divertem o espírito

LEIA MAIS

Oeste Notícias

R$ 19,90 por mês