Apple anuncia aposentadoria do iPod depois de 21 anos

Tocador de áudio que mudou a indústria da música vai parar de ser produzido pelo grupo de tecnologia
-Publicidade-
Primeiras versões do iPod fizeram sucesso com design minimalista
Primeiras versões do iPod fizeram sucesso com design minimalista | Foto: Divulgação

A Apple anunciou na terça-feira 10 que vai descontinuar a produção do iPod, famoso tocador de áudio e vídeo que revolucionou a indústria no começo do século. Segundo o grupo de tecnologia, o aparelho vai ficar disponível aos consumidores apenas até acabarem os estoques.

O iPod ajudou a mudar a maneira como a música era consumida no mundo, coincidindo com o fim da era dos CDs (compact discs). A partir deste século, os consumidores começaram a baixar áudio da internet para ouvir por meio do tocador da Apple, entre outros menos populares.

A primeira geração do iPod apresentou ao mercado um design minimalista, com uma tela pequena e um botão circular, que se tornaria a marca da linha chamada de ‘Classic’. Em duas décadas, o aparelho da Apple teve vários modelos, alguns priorizando a capacidade de armazenamento de músicas e outros atraindo o público por serem mais compactos.

-Publicidade-

A versão mais recente do iPod foi lançada em 2019. O modelo tem tela sensível ao toque e suporta a App Store e aplicativos como o FaceTime.

Em comunicado, a Apple se manifestou sobre o fim da produção do iPod.

“A música sempre fez parte do nosso núcleo na Apple. Levar a música para centenas de milhões de usuários impactou mais do que apenas a indústria da música, também redefiniu como a música é descoberta, ouvida e compartilhada”, disse Greg Joswiak, vice-presidente sênior de marketing da empresa.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.