Bradesco relata vazamento de dados de 53 mil clientes

O incidente afetou contratos de de financiamento de veículos da subsidiária do banco
-Publicidade-
Segundo o banco, todas as medidas necessárias para a solução do incidente foram adotadas
Segundo o banco, todas as medidas necessárias para a solução do incidente foram adotadas | Foto: Reprodução/Flickr

A subsidiária Bradesco Financiamento teve os dados de 53 mil clientes acessados de forma ilegal, segundo informou o banco na sexta-feira 13. As informações são referentes a contratos de financiamento de veículos. Segundo o banco, o problema afeta somente a Bradesco Financiamentos.

Em nota, a instituição financeira salientou que todas as medidas necessárias para a solução do incidente, bem como de comunicação aos clientes e às autoridades competentes, foram adotadas.

“Ressaltamos que a característica dos dados eventualmente visualizados não coloca em risco a integridade de acesso a sistemas transacionais desses clientes junto à Bradesco Financiamentos”, garantiu o banco, em comunicado.

-Publicidade-

Segundo reportagem do jornal Valor Econômico, não se trata de um ataque hacker. O criminoso explorou uma vulnerabilidade do site da Bradesco Financiamentos e, assim, teve acesso a dados dos contratos de uma parte da base de clientes da financeira. Como eles não são correntistas do banco, não foram expostas senhas e não há risco de transações não autorizadas. O maior risco é que os fraudadores usem esses dados para aplicar golpes.

Vazamento de dados

No mês passado, o Banco Pan informou que detectou recentemente uma “fragilidade” na plataforma de um fornecedor de tecnologia, utilizada na Central de Atendimento, o que permitiu o vazamento de informações de clientes.

Isso possibilitou, de acordo com a instituição financeira, a cópia não autorizada de dados cadastrais e de limite disponível e saldo devedor “sem que tenham sido expostos dados completos de cartão, senhas ou qualquer dado que incorra em risco financeiro direto para o cliente e para o banco”.

Não foi informado quantos clientes foram expostos. A instituição financeira, de acordo com sua assessoria de imprensa, tem cerca de 17 milhões de clientes ativos.

Em fevereiro deste ano, o Banco Central informou que houve vazamento de dados de “natureza cadastral” relacionados com o Pis de clientes da instituição financeira Logbank Soluções em Pagamentos S/A.

De acordo com o BC, dados cadastrais vinculados a 2,1 mil chaves Pix, contendo o nome do usuário, o CPF, a instituição de relacionamento e o número da conta, foram vazados.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

3 comentários Ver comentários

  1. Hoje virou moda dizer que sofreu ataque hacker e compartilhou informações de usuários. Como se todos não tivessem acesso a tudo. Ainda se fala em sigilo da informação. Que piada

  2. Se a reportagem do jornal Valor Econômico diz não se trata de um ataque hacker eu fico mais tranquilo. Talvez apenas uma criança tenha digitado aleatoriamente algumas teclas no celular do pai e causou esse pequeno incoveniente. Mas já que não foram ‘hackers russos’ não há com o que se preocupar.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.