Empresa de Elon Musk vai oferecer internet via satélite ao Brasil

Starlink poderá fornecer banda larga aos consumidores até 2027
-Publicidade-
O conjunto de satélites da SpaceX
O conjunto de satélites da SpaceX | Foto: Divulgação/SpaceX

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) autorizou nesta sexta-feira, 28, o uso de internet banda larga via satélite da Starlink, uma divisão da companhia espacial SpaceX, liderada pelo bilionário Elon Musk. Com a autorização, a empresa poderá usar aproximadamente 4,4 mil satélites não-geoestacionários* de baixa órbita para oferecer banda larga aos consumidores brasileiros. A licença vai até 2027.

Enquanto a maioria dos serviços de internet por satélite é possibilitada por satélites geoestacionários simples, que orbitam o planeta a cerca de 35 mil quilômetros de altitude, a Starlink oferece uma constelação de vários pequenos satélites que orbitam o planeta a uma distância mais próxima da Terra — 550 quilômetros. Por estarem em baixa órbita, o tempo de envio e recepção de dados (latência) entre o utilizador e o satélite é muito menor do que com satélites em órbita geoestacionária.

A intenção da Starlink, quando sua rede de 7 mil satélites estiver completa, é oferecer internet de até 1 GB (gigabyte) por segundo. Atualmente, de acordo com testes feitos nos Estados Unidos, a companhia consegue oferecer conexão com pico de 97 MB (megabytes) por segundo.

-Publicidade-

A Starlink não terá direito à proteção, ou seja, não poderá reclamar em caso de interferência de outros serviços. Isso deve constar no contrato de fornecimento do serviço.

*Os satélites não-geoestacionários circulam em torno da Terra com uma velocidade de rotação diferente do planeta. Para um observador na Terra, por exemplo, o satélite se comporta como se estivesse não estacionário em um determinado local do céu.

Leia mais: “Elon Musk — O empreendedor mais arrojado do mundo”, artigo de Dagomir Marquezi publicado na Edição 39 da Revista Oeste

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.