Facebook pede suspensão de processo por suposto monopólio nos EUA

Empresa é acusada por comissão do governo americano e 46 Estados de inibir a concorrência e prejudicar consumidores
-Publicidade-
Empresa está na mira das autoridades americanas
Empresa está na mira das autoridades americanas | Foto: Reprodução/Facebook

O Facebook acionou um tribunal federal nos Estados Unidos pedindo que um processo movido contra a empresa pela Comissão Federal de Comércio (FTC, na sigla em inglês) e por 46 Estados americanos por suposto monopólio seja arquivado. A companhia é acusada de adotar práticas que impedem a livre concorrência e, com isso, prejudicar os consumidores.

Leia mais: “Rússia acusa Facebook de bloquear conteúdos e violar ‘soberania digital’ do país”

-Publicidade-

Segundo a plataforma, as alegações do FTC “ignoram totalmente a realidade da indústria de alta tecnologia, intensamente competitiva, na qual o Facebook opera”, informa o Wall Street Journal. “Por margem de um voto, no ambiente tenso de críticas implacáveis por questões totalmente não ligadas às preocupações antitruste, a agência decidiu abrir um processo contra o Facebook. Mas nenhum dos danos normalmente alegados em ações antitruste é alegado aqui”, diz a empresa.

A comissão do governo americano e os 46 Estados entraram com cinco ações judiciais contra o Facebook e o Google. As petições pedem, entre outras coisas, que o tribunal obrigue a empresa a vender dois de seus principais ativos: o WhatsApp e o Instagram. O caso está sob a alçada do juiz James Boasberg, do distrito de Columbia.

Leia também: “Muito além do Facebook e do Twitter”, artigo de Dagomir Marquezi publicado na Edição 49 da Revista Oeste

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.