Pesquisadores criam máscara que detecta covid-19

O usuário pode ter um diagnóstico em cerca de 90 minutos
-Publicidade-
Máscara desenvolvida para detectar covid-19 | Foto: Divulgação/MIT
Máscara desenvolvida para detectar covid-19 | Foto: Divulgação/MIT

Pesquisadores da Universidade de Harvard e do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), ambos nos Estados Unidos, criaram uma máscara capaz de detectar o coronavírus. Com precisão semelhante aos testes RT-PCR (de cotonete), o usuário pode ter um diagnóstico em cerca de 90 minutos. Para isso, a máscara utiliza um sensor descartável que pode ser ativado pelo usuário no momento em que ele quiser realizar o teste. Os resultados são exibidos apenas na parte interna do dispositivo, preservando a privacidade.

Leia mais: “Inteligência artificial supera especialistas em indicação de tratamentos psicológicos”

Na máscara de diagnóstico, os sensores detectam as partículas virais no hálito do usuário. Ela vem com um pequeno reservatório de água, que é liberada com o toque de um botão. O objetivo é hidratar os componentes do vírus Sars-CoV-2 e, assim, analisar as gotículas de respiração acumuladas no interior da máscara. Os pesquisadores entraram com o pedido de patente da nova tecnologia e devem passar a trabalhar na versão comercial em breve.

-Publicidade-

“A evolução da doença no Brasil e no mundo”, painel de Oeste sobre a pandemia 

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.