Por ‘segurança’, Google desativa radares de vigilância na Ucrânia

Com o aplicativo, era possível acompanhar o avanço das tropas russas pelas cidades ucranianas
-Publicidade-
Os únicos indicadores visíveis são de interdições nas estradas que levam às fronteiras de Kiev
Os únicos indicadores visíveis são de interdições nas estradas que levam às fronteiras de Kiev | Foto: Divulgação/Pixabay

O Google desativou seus radares e interrompeu os serviços de vigilância na Ucrânia no domingo 27. As funções do Google Maps de monitoramento de trânsito facilitavam o acompanhamento da invasão russa ao país em tempo real.

Os únicos indicadores visíveis são de interdições nas estradas que levam às fronteiras de Kiev.

Depois de consultar especialistas e autoridades federais, o Google removeu a camada de trânsito em tempo real dos mapas, assim como a ferramenta de ver movimentações de pessoas pelas cidades.

-Publicidade-

A empresa comunicou ter feito a mudança no aplicativo para “garantir a segurança de comunidades locais no país”, segundo a agência de notícias Reuters. Em comunicado, o Google garantiu que motoristas ainda podem acessar informações de trânsito em tempo real por meio do recurso de navegação passo a passo nos celulares.

Sétimo dia de bombardeios

O centro de Kharkiv, na Ucrânia, voltou a ser intensamente bombardeado pela artilharia russa nesta quarta-feira, 2. Ataques aéreos causaram mortes em pelo menos duas cidades entre a noite de terça-feira e a madrugada de quarta-feira, enquanto tropas russas continuavam a avançar pelo país no sétimo dia da ofensiva de Moscou contra o território ucraniano.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

5 comentários Ver comentários

  1. De que forma o Google está ajudando as comunidades da Ucrânia fazendo isso?
    É como se viesse alguém né apagasse todas as luzes da sua casa para que não se veja o ladrão entrando para roubar. Pense numa ajuda.

  2. O Google fez isso pq quer controlar o medo da população, noticiarios podem dizer o que quiser que nao tem como vc confirmar apenas olhando as cameras de trafego de veiculos da região, assim as noticias fake da CNN e outros vao surtir mais efeito e nao ser desmentidas.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.