Val Kilmer perdeu a voz. Agora, fala por um teclado

Ator contou com a ajuda da empresa britânica de software Sonantic
-Publicidade-
Foto: Divulgação/Unsplash
Foto: Divulgação/Unsplash

Em 2015 o ator Val Kilmer realizou uma cirurgia para combater um câncer na garganta. E perdeu a voz. Kilmer decidiu que continuaria a falar e para isso contou com a empresa britânica de software Sonantic.

Usando os recursos de inteligência artificial e deepfake, a Sonantic clona vozes para estúdios de vídeo e games. A voz de Kilmer foi recriada a partir de 30 minutos de áudio e é praticamente impossível diferenciar a verdadeira da artificial. Agora ele “fala” escrevendo o que quer num computador. O recurso já existe em parte, por exemplo, no programa Word, da Microsoft. O Word “fala” o que escrevemos, mas usa um par de vozes fixas. A de Val Kilmer é única.

“Minha cena com Hugh Jackman” 

-Publicidade-

A voz recriada de Val Kilmer pode ser ouvida neste vídeo da Sonantic:

Neste outro registro, que simula (também com voz artificial) a briga de um casal, a Sonantic mostra que pode acrescentar emoção à voz, e de uma maneira bem convincente:

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro