Washington Redskins deve mudar nome por causa dos 'recentes eventos'

Em 3 jul 2020, 16:40

Time de futebol americano deve mudar de nome por causa de ‘recentes eventos’ nos EUA

3 jul 2020, 16:40

O Washington Redskins, franquia da liga profissional, avisa que vai passar por “processo de revisão” de sua nomenclatura

washington redskins

Washington Redskins: marca deve estar com os dias contados | Foto: DIVULGAÇÃO

Depois de se voltarem contra estátuas, como as de Abraham Lincoln e Theodore Roosevelt, os protestos que se autointitulam democráticos devem afetar até um time da National Football League (NFL), liga profissional de futebol americano dos Estados Unidos. Nesse sentido, o Washington Redskins avisou: deve mudar seu nome devido aos “recentes eventos” ocorridos no país.

Leia mais:Protestos antifas terminam com depredações, tumulto e prisões pelo país

Por meio de nota oficial enviada à imprensa e divulgada em seu perfil oficial no Twitter, a direção do Washington Redskins informa que iniciou “processo de revisão” do nome. Assim como manifestantes consideraram as esculturas em memória de Roosevelt e Lincoln racistas, a mesma crítica se dá à marca da franquia. Isso porque a palavra redskins pode ser traduzida como “peles vermelhas”. Aliás, o rosto de um ameríndio é parte do símbolo do time da NFL.

“Anuncia que passará por processo de revisão completo do nome”

“À luz dos recentes eventos em todo o país e das mensagens vindas da nossa torcida, o Washington Redskins anuncia que passará por processo de revisão completo do nome da equipe”, publicou a equipe. “A revisão formaliza as discussões iniciais que a equipe vem tendo com a liga [comando da NFL] nas últimas semanas”, prossegue a nota divulgada pela franquia que, diante da situação, aparece na lista de assuntos mais comentados entre internautas do Twitter em todo mundo.

Relação com anunciantes

A provável extinção do Redskins enquanto nome de franquia da NFL se dá em meio à pressão exercida por anunciantes. Nas últimas semanas, conforme registrado pelo site da CNN norte-americana, marcas como FedEx e Pepsi se posicionaram. Para elas, é hora de fazer a mudança. Mudança essa que anos atrás foi rechaçada por Dan Snyder, dono do time. “Nunca”, disse ao ser questionado, em 2013, se a equipe em algum momento mudaria o nome.

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 Comentário

  1. Após quase um século como Washington Redskins sem que o nome incomodasse as gerações anteriores, agora passou a incomodar? E como ficam as pessoas que gostam do nome da franquia?

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa news

Coronavírus

Oeste Notícias