TRF-1 sofre ataque hacker e site está fora do ar - Revista Oeste

Edição da semana

Em Em 27 nov 2020, 15:32

TRF-1 sofre ataque hacker e site está fora do ar

27 nov 2020, 15:32

Assessoria confirma o ataque e diz que o banco de dados do tribunal “está em manutenção para analisar uma possível falha na segurança”

TRF-1

TRF-1, em Brasília | Foto: Reprodução/TRF-1

Um ataque hacker atingiu, nesta sexta-feira, 27, os sistemas do Tribunal Regional da Primeira Região (TRF-1). Os invasores dizem ter obtido acesso a arquivos em mais de 40 bases de dados do tribunal.

O ataque foi comemorado nas redes pelos invasores, que afirmaram ter capturado os dados e que, dessa forma, conseguiram mostrar a “vulnerabilidade” do sistema do TRF-1. O tribunal, que abrange casos de 13 Estados e do Distrito Federal, é o que abriga mais processos no país.

Leia mais: Kajuru ameaça renunciar se STF liberar reeleição de Maia e Alcolumbre

Em um site usado por hackers para expor vazamentos, foram publicados nomes de arquivos que estariam em quatro das 47 bases de dados do TRF-1 acessadas pelos invasores.

Os arquivos, no entanto, não foram publicados. O site do tribunal está fora do ar.

Ao Estadão, a assessoria do TRF-1 confirma o ataque e diz que o banco de dados do tribunal “está em manutenção para analisar uma possível falha na segurança”.

“A equipe do tribunal está avaliando agora, mas a princípio houve somente uma divulgação de material que já era de domínio público”, afirma o tribunal.

Com informações do Estadão Conteúdo

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

3 Comentários

  1. Gostaria muito que alguém da revista explorasse o que anda nas redes sociais. Eu, pessoalmente, tenho a impressão que o culpado desses ataques de hackers é o STF através de alguns ministros. Por que? Eles não foram duros com o pseudo jornalista Grenwald e seus amigos criminosos. Agora, toda aquela gente sabe os códigos e chaves para entrar em qualquer órgão do governo, pois quem roubou dados da lava-jato ficou sabendo de muitos segredos de sistemas e agora venderam para outros no mundo todo. Se o Gilmar Mendes tivesse endurecido, prendido os caras, eles teriam medo e não espalhariam o que sabiam para outros kackers. Assim, data venia, o STF é culpado por toda esta onda de ataques cibernéticos. O povo brasileiro deveria fazer um abaixo assinado para entregar na ONU denunciando os horrores do STF brasileiro.

    Responder
    • É uma boa hipótese.

      Responder
  2. Ainda bem que a Urna eletrônica é segura!!!
    Precisa urgente implantar voto impresso conferido pelo eleitor antes de depositar em urna específica.

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter

Colunistas

O partido contra o Brasil

Ninguém ainda descobriu no planeta um jeito tão eficaz de concentrar renda quanto a fórmula usada para administrar as contas públicas no país

A paciência acabou

Os brasileiros começam a reagir à cassação dos direitos individuais

Os novos senhores do mundo

Os gigantes da tecnologia censuram Trump, fazem o que bem entendem e exercem um poder global desmedido. Isso é justo?

Eficácia

“Você demorou muito a comprar. Eficácia depende de rapidez” / “Poxa… Se eu soubesse teria comprado mais rápido. Ando muito dispersivo”

O culto à ignorância

Valorizar a educação formal e a cultura clássica virou preconceito elitista, um mau sinal para o futuro

Como surgiu o novo coronavírus?

A resposta mais provável, até o momento: o vírus teve origem em pesquisas com manipulação genética no Instituto de Virologia de Wuhan

Globalistas assanhados com Biden

Eles não costumam viver de fatos, apenas de narrativas. Adotam a visão estética de mundo, e por isso a ONU é seu maior símbolo

A coerção e o coronavírus

A necessidade de restrições ocasionais não deve abalar os fundamentos do verdadeiro liberalismo, sustentado no “inovismo” e no “adultismo”

Uma nova doença: o vício em desculpas

Poucas figuras públicas têm a força de caráter para se recusar a pedir desculpas aos identitaristas, que gostam de desempenhar o papel de vítimas permanentes

Você não pode perder

A VOZ DAS REDES

Uma seleção de tuítes que nos permitem um olhar instigante do mundo, ajudam a pensar e divertem o espírito

LEIA MAIS

Oeste Notícias

R$ 19,90 por mês