Trump aprova acordo que mantém TikTok nos EUA

Edição da semana

Em 20 set 2020, 09:52

Trump aprova acordo que mantém TikTok nos EUA

20 set 2020, 09:52

TikTok seria banido das lojas de aplicativos nos Estados Unidos a partir deste domingo, 20, mas decisão foi adiada

Tik Tok

Aplicativo TikTok | Foto: Nitish Gupta/Pixabay

Depois de idas e vindas, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, deu sua “bênção” ao acordo entre TikTok e as empresas norte-americanas Oracle e Walmart. A decisão permite que o aplicativo mantenha as operações no país.

O republicano vinha ameaçando banir a popular rede social de vídeos curtos chinesa, alegando preocupações de que ela representasse uma ameaça à segurança nacional.

Leia mais: “Trump quer vacinar todos os americanos até abril de 2021”

Em declaração na Casa Branca neste sábado, 19, Trump disse que aprovou “o conceito do negócio”.

“Dei minha bênção ao negócio. Se eles o fizerem, ótimo; se não o fizerem, tudo bem”, disse Trump.

Para que o aplicativo não fosse banido do país, Washington obrigou a ByteDance, proprietária da plataforma, a buscar venda ou parceria com alguma empresa norte-americana.

O TikTok seria retirado das lojas de aplicativos nos Estados Unidos a partir deste domingo, 20.

Diante da decisão de Trump, o Departamento de Comércio decidiu atrasar o pedido de remoção para 27 de setembro, dando mais tempo para que o negócio seja finalizado.

Proposta

De acordo com os termos do acordo, a ByteDance vai desmembrar os negócios globais da TikTok em uma nova companhia com sede nos Estados Unidos que será de propriedade majoritária do grupo de tecnologia chinês.

A Oracle e a varejista Walmart terão uma participação de até 20% da nova empresa. As discussões, que ainda não foram finalizadas, avaliam a nova empresa em US$ 50 bilhões a US$ 65 bilhões, segundo pessoas ouvidas pelo jornal Financial Times.

A ByteDance manterá o controle do algoritmo que decide quais vídeos são exibidos para cada usuário. No entanto, Trump disse que a China não teria influência.

“Não terá nada a ver com a China, será totalmente seguro, fará parte do acordo”, disse Trump. “A segurança será de 100%. Eles usarão nuvens separadas e uma segurança muito, muito poderosa.”

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter

Colunistas

O crime acima de todos

Não é que as instituições estejam funcionando mal, ou passando por alguma anomalia — ao contrário, elas são organizadas de maneira a tornar inevitáveis resultados como o que beneficiou André do Rap

O “cancelamento” contra a arte

Caso a sociedade se submeta a essa versão gourmetizada do stalinismo, nossos filhos e netos não terão o que ler, ouvir ou assistir

A segunda onda de hipocrisia

Em que pesem as comprovações de ineficácia dos lockdowns, enganadores como Emmanuel Macron fingem ter um mapa de bloqueio de contágio

Alerta: pesquisas à vista!

Por que as sondagens eleitorais erram tanto, como isso distorce o processo democrático e o que se pode fazer

O capitalismo pode salvar o mundo?

O sistema não é uma ideologia de laboratório, como o comunismo. É uma força viva, dinâmica, que há milênios se aperfeiçoa na satisfação das necessidades humanas

A coerção e o coronavírus

A necessidade de restrições ocasionais não deve abalar os fundamentos do verdadeiro liberalismo, sustentado no “inovismo” e no “adultismo”

Uma guerra civil nos EUA?

A mídia recusa-se a noticiar o que é evidente aos olhos de seus espectadores, e intelectuais argumentam que “saques e protestos violentos são vivenciados como eventos alegres e libertadores”

Você não pode perder

A VOZ DAS REDES

Uma seleção de tuítes que nos permitem um olhar instigante do mundo, ajudam a pensar e divertem o espírito

LEIA MAIS

Oeste Notícias

R$ 19,90 por mês