TSE libera campanha de Filipe Sabará em São Paulo - Revista Oeste

Edição da semana

Em 1 out 2020, 14:00

TSE libera campanha de Filipe Sabará em São Paulo

1 out 2020, 14:00

Partido Novo havia suspendido a candidatura do empresário, que agora poderá voltar a fazer propaganda

filipe sabará, liminar, tse, partido novo, prefeitura de são paulo, eleições 2020

TSE coloca Filipe Sabará no tabuleiro eleitoral paulistano novamente | Foto: Reprodução

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) liberou a campanha à Prefeitura de São Paulo para o candidato Filipe Sabará (Novo-SP).

No último dia 23 de setembro, o partido Novo suspendeu a candidatura de Sabará por motivos sigilosos. Segundo o jornal O Estado de S.Paulo, o conselho de ética da sigla encontrou problemas no currículo apresentado pelo empresário.

Além disso, em apenas duas semanas de campanha, ele havia se aproximado de uma ala mais bolsonarista da legenda e, em entrevista a uma rádio, chamado o ex-candidato do Novo ao governo de São Paulo em 2018, Rogério Chequer de “oportunista” e dito que o deputado Paulo Maluf (Progressistas) foi o melhor prefeito que a capital paulista teve. Para piorar, um dia antes de ter sua candidatura questionada, retificou sua declaração de bens, de R$ 15 mil para R$ 5 milhões.

Sabará, contudo, afirma que é perseguido pelo ex-presidente do partido e candidato à Presidência João Amoêdo e pelo que chamou de “ala esquerdista” do Novo.

Para o ministro do TSE que deu a liminar, Luis Felipe Salomão, a suspensão imposta foi “excessivamente gravosa e pode produzir dano irreparável”. O ministro também indicou que mesmo quando o registro de candidatura é impugnado na Justiça, “assegura-se o direito do pretenso candidato de realizar todos os atos de propaganda” devido à Lei Eleitoral.

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter

Colunistas

Vacinação sem vacina

Falar em obrigar a população inteira a se vacinar — com uma vacina que não existe — significa o quê? Um negócio da China?

Supremas diferenças

Ao compararmos o STF à Suprema Corte dos Estados Unidos, o choque é violento

A coerção e o coronavírus

A necessidade de restrições ocasionais não deve abalar os fundamentos do verdadeiro liberalismo, sustentado no “inovismo” e no “adultismo”

Uma nova doença: o vício em desculpas

Poucas figuras públicas têm a força de caráter para se recusar a pedir desculpas aos identitaristas, que gostam de desempenhar o papel de vítimas permanentes

Você não pode perder

Ciência, que é bom, nada

Ciência, que é bom, nada

"Desde o começo da epidemia a discussão vem sendo assim: política em primeiro lugar", afirma J.R. Guzzo...

A VOZ DAS REDES

Uma seleção de tuítes que nos permitem um olhar instigante do mundo, ajudam a pensar e divertem o espírito

LEIA MAIS

Oeste Notícias

R$ 19,90 por mês