Último hospital de campanha de São Paulo já está fechado

Edição da semana

Em 26 set 2020, 13:40

Último hospital de campanha de São Paulo já está fechado

26 set 2020, 13:40

Medida é reflexo da desaceleração da pandemia de coronavírus no Estado

Ibirapuera

Idoso foi homenageado pelos médicos da unidade | Foto: Taba Benedicto/Estadão Conteúdo

O último paciente internado com covid-19 no Hospital de Campanha do Ibirapuera, na Zona Sul de São Paulo, recebeu alta neste sábado, 26. A recuperação de Iray Fernandes, de 70 anos, marca o fim das atividades da última unidade hospitalar provisória que ainda estava em funcionamento no Estado. Ontem, o governo estadual já havia anunciado a desativação e fechamento da unidade hospitalar, que ocorrerá definitivamente na quarta-feira 30. O fechamento do hospital de campanha ocorre cinco meses depois de sua inauguração, ocorrida no início de maio.

Leia também: “O tabu das estatísticas da covid-19”, artigo de J.R. Guzzo publicado na edição n° 27 da Revista Oeste

Na despedida do hospital, o aposentado Iray, que é morador do município de Várzea Paulista, foi aplaudido pela equipe médica que cuidou dele no Ibirapuera. Além disso, se encontrou com a manicure e moradora da cidade de Embu da Artes, Aparecida Andreza Silva Viana, de 33 anos, a primeira paciente internada no hospital de campanha com covid-19. O Ibirapuera é o quarto e último hospital de campanha montado na capital paulista a ter suas atividades encerradas. O principal motivo para o fim dos trabalhos é o “declínio da pandemia no Estado”, segundo o governador João Doria (PSDB).

Outras unidades

No final de agosto, a gestão do governo Doria já tinha anunciado o encerramento da operação no Hospital de Campanha de Heliópolis. Outras duas unidades, o Anhembi e Pacaembu, construídas pela Prefeitura de São Paulo, também já foram fechadas.

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 Comentário

  1. Fora ditadoria vagabundo puxa saco de xines.

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter

Colunistas

As piores eleições do mundo

A cura para a desgraça que são as eleições brasileiras é um conjunto de meia dúzia de providências simples como a tabuada

EUA — O que está em jogo

Em confronto, duas visões antagônicas sobre temas como geopolítica e comércio internacional, impostos e saúde, clima e energia, China e Oriente Médio

Meio ambiente é causa conservadora

Conservadores não podem se eximir da responsabilidade e reforçar a ideia de que preservação ambiental é pauta da esquerda

O plebiscito dos mentecaptos

Acaba o auxílio emergencial, mas começa a campanha emocionante do Ricardo Barros pelo plebiscito — e emoção é alimento espiritual

Nova Constituição para quê?!

Uma Carta ruim como a nossa deve ser reformada, e não anulada para que outra seja escrita. Essa é a solução conservadora

A coerção e o coronavírus

A necessidade de restrições ocasionais não deve abalar os fundamentos do verdadeiro liberalismo, sustentado no “inovismo” e no “adultismo”

Uma nova doença: o vício em desculpas

Poucas figuras públicas têm a força de caráter para se recusar a pedir desculpas aos identitaristas, que gostam de desempenhar o papel de vítimas permanentes

Você não pode perder

O pai, o filho e o deboche

O pai, o filho e o deboche

A ideia geral de que não se deve praticar certas coisas em público, porque “pega mal”, parece caminhar rapidamente...

A VOZ DAS REDES

Uma seleção de tuítes que nos permitem um olhar instigante do mundo, ajudam a pensar e divertem o espírito

LEIA MAIS

Revista Oeste — Edição 32 — 30/10/2020

Oeste Notícias

R$ 19,90 por mês