Vacina dos EUA: Pfizer quer imunizante na América Latina até o fim do ano - Revista Oeste

Edição da semana

Em Em 21 nov 2020, 13:17

Vacina dos EUA: Pfizer quer imunizante na América Latina até o fim do ano

21 nov 2020, 13:17

Argentina pode ser o 1º país latino-americano a fazer uso da vacina desenvolvida nos Estados Unidos

pfizer - vacina contra a covid-19

Foto: Divulgação

Depois do pedido de autorização para uso emergencial de sua vacina contra o coronavírus nos Estados Unidos feito na sexta-feira 20, o Laboratório norte-americano Pfizer anunciou que pretende colocar o imunizante em aplicação na América Latina até o fim de dezembro. Segundo o chefe de assuntos científicos e médicos da divisão de vacinas da farmacêutica para a América do Norte, Alejandro Cané, a Argentina teria aceitado receber 750 mil doses antes que 2020 acabe e outros três países latino-americanos (Chile, México e Peru) têm contratos com a empresa para receber o medicamento.

“No início a ideia é ter a vacina autorizada nos Estados Unidos”, disse. “Estamos confiantes de que nas próximas semanas ou meses teremos a vacina em uso não só nos EUA e na Europa, mas também em países da América Latina.”

Leia também: “Pfizer pede autorização para uso emergencial de vacina contra a covid-19”

TAGS

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter

Colunistas

O império dos sem-voto

Há cada vez mais pessoas que nunca receberam um único voto na vida, e não têm mandato nenhum, dizendo o que o cidadão deve ou não deve fazer

O mal de roupa nova

O Partido Democrata não esconde as intenções: quer mais coletivismo, menos autonomia dos Estados, maior controle exercido pelo Executivo central e intervenção na economia

A nova Torre de Babel

Ao contrário do mito bíblico, a torre atual está sendo edificada com base na confusão proposital das palavras por indivíduos desprovidos de inteligência e coragem

Segundo turno nupcial

“Ué, você tá torcendo pra mim?” / “Não sei. Estou indeciso”

As Big Techs em xeque

O que está em jogo no debate sobre o poder dos gigantes da tecnologia

A imprensa morre no escuro

A atividade que já foi chamada de “quarto poder” escorrega perigosamente para a irrelevância

O resgate de Tocqueville

O desprezo pelo cristianismo, tão comum em meios “progressistas”, representa um perigoso afastamento dos pilares norte-americanos

Por que há socialistas com mais de 30 anos

Duas razões: todos nós crescemos em famílias, que são pequenas comunidades socialistas; e na economia contemporânea é difícil estabelecer a conexão entre esforço e recompensa

Uma guerra civil nos EUA?

A mídia recusa-se a noticiar o que é evidente aos olhos de seus espectadores, e intelectuais argumentam que “saques e protestos violentos são vivenciados como eventos alegres e libertadores”

Fracasso governamental

“Os governos fracassaram de modo retumbante na crise do coronavírus. Mas também não há evidências de que o...

Você não pode perder

A VOZ DAS REDES

Uma seleção de tuítes que nos permitem um olhar instigante do mundo, ajudam a pensar e divertem o espírito

LEIA MAIS

Oeste Notícias

R$ 19,90 por mês