-Publicidade-

FaceApp coleta – e usa – dados de usuários

Aplicativo russo que foi febre em 2019 voltou a ser utilizado por anônimos e famosos no final de semana, mas traz riscos à privacidade [caption id="attachment_277868" align="aligncenter" width="1024"] Tatá Werneck…
Tatá Werneck deve ter esquecido de ler os termos de uso antes de baixar o FaceApp | Foto: Turismo Bahia/Wikimedia Commons
Tatá Werneck deve ter esquecido de ler os termos de uso antes de baixar o FaceApp | Foto: Turismo Bahia/Wikimedia Commons | faceapp, aplicativo, privacidade

Aplicativo russo que foi febre em 2019 voltou a ser utilizado por anônimos e famosos no final de semana, mas traz riscos à privacidade

faceapp, aplicativo, privacidade
Tatá Werneck deve ter esquecido de ler os termos de uso antes de baixar o FaceApp | Foto: Turismo Bahia/Wikimedia Commons

Depois de ser muito utilizado no começo de 2019, denunciado como um risco a quem o usava e deletado da maior parte dos smartphones, o FaceApp, aplicativo russo que muda o gênero e a idade de quem sobe uma foto, própria ou de outra pessoa, voltou a dominar os treinding topics brasileiros no final de semana.

O que muitos parecem ter esquecido é que o app deixa bem claro, já nos termos de privacidade, é que ela deixa de existir quando você baixa o FaceApp no celular. Lá está escrito, em português, inclusive, que o usuário permite que o aplicativo colete e use os dados coletados da forma como bem entender.

Talvez assim a comediantes Tatá Werneck não veja tanta graça em postar fotos com o FaceApp.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Eu provavelmente seria o professor de natação Norberto

Uma publicação compartilhada por Tata Werneck (@tatawerneck) em

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês