-Publicidade-

Internet ‘super-rápida’ de Elon Musk é aprovada no Reino Unido

O Startlink promete velocidades entre 50 Mbps e 150 Mbps
Elon Musk não vive "apenas" de SpaceX e Tesla
Elon Musk não vive "apenas" de SpaceX e Tesla | Foto: Reprodução/Flickr

O serviço de internet via satélite Starlink, de Elon Musk, foi aprovado pela agência reguladora de serviços de comunicação britânica, a Ofcom, informou a Bloomberg no sábado 9. O Starlink, da empresa aeroespacial de Musk, SpaceX, promete velocidades entre 50 Mbps e 150 Mbps.

Pessoas no Reino Unido que se inscreveram para o teste do serviço começaram a receber o kit da Starlink, que custa 439 libras (aproximadamente 3.200 reais) adiantado, e mais 84 libras (aproximadamente 620 reais) pagas mensalmente.

A aprovação no Reino Unido permite que o Starlink concorra com provedores de internet terrestre, como o BT Group, e empresas de satélite tradicionais, como a OneWeb, que foi resgatada da falência pelo governo britânico e pela empresa de telecomunicações indiana Bharti Global em novembro.

O Reino Unido não é o único grande mercado em que a SpaceX está entrando: Grécia, Alemanha e Austrália também aprovaram o serviço de banda larga de Musk, de acordo com relatórios da empresa.

Leia também: “Tesla bate recorde de entrega de veículos e fecha 2020 com alta de 35,9%”

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 comentário

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês