-Publicidade-

Redes sociais: Facebook e Instagram desbloqueiam contas de Trump

Presidente norte-americano continua suspenso do Twitter
Foto: Gage Skidmore/Flickr
Foto: Gage Skidmore/Flickr | Foto: Gage Skidmore/Flickr

Presidente norte-americano continua suspenso do Twitter

trump
O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump | Foto: Gage Skidmore/Flickr

O Facebook e o Instagram desbloquearam na sexta-feira 15 as contas de Donald Trump. Entretanto, ele foi marcado como “candidato político” e não presidente dos Estados Unidos. No último dia 8, o Twitter informou que suspendeu permanentemente a conta de Donald Trump, o presidente da maior democracia do planeta. A decisão foi seguida por outras plataformas, incluindo o Facebook. No centro do debate, as grandes empresas de tecnologia que detêm o controle do espaço público mais controverso e disputado da atualidade — as redes sociais.

Para entender a polêmica envolvendo o desligamento de Trump das redes de comunicação globlais, leia também a matéria de capa da Edição 43 da Revista Oeste – “Os novos senhores do mundo”, da colunista e analista política Ana Paula Henkel

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

9 comentários

      1. O João Bidê, depois de diplomado, anunciou que assumirá a conta do Trump no Twitter, excluindo a foto do ex-presidente para colocar a sua. Se conta de Trump foi excluída permanentemente. Será que o aplicativo brindara o Bidê com a reativação da conta? Afinal tem quase 30 milhões de seguidores!

  1. A pressão interna dentro da América está crescendo muito, o governo Biden por ter conquistado a eleição via fraude, numa república não importa a forma e sim a conquista, não tem o apoio da população, é um governo fraco que pode ser deposto via impeachment a qualquer tempo.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês