-Publicidade-

Ministro do TCU é denunciado por corrupção e lavagem de dinheiro

Operação Lava Jato apurou que ministro Vital do Rêgo recebeu R$ 3 milhões da OAS enquanto presidia CPI da Petrobras.

Operação Lava Jato apurou que ministro Vital do Rêgo recebeu R$ 3 milhões da OAS enquanto presidia CPI da Petrobras

vital do rêgo, tcu, operação lava jato, cpi da petrobras, oas, propina corrupção lavagem de dinheiro, leo pinheiro, delação premiada, denúncia
O ministro do TCU Vital do Rêgo foi denunciado por corrupção e lavagem de dinheiro pela Operação Lava Jato | Foto: Geraldo Magela/Agência Senado

A força-tarefa da Operação Lava Jato denunciou nesta terça-feira, 25, o ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) Vital do Rêgo por corrupção e lavagem de dinheiro. Em nova fase da operação deflagrada hoje, ele teve R$ 4 milhões em bens bloqueados.

O ministro é investigado por receber propina da empreiteira OAS enquanto presidia a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Petrobras, em 2014, no Senado, de acordo com informações do Ministério Público Federal (MPF).

Ainda segundo a denúncia, Leo Pinheiro, então presidente da OAS, pagou R$ 3 milhões a Vital do Rêgo para que ninguém da empreiteira tivesse de prestar depoimento à CPI.

O dinheiro foi pago por meio de doações ao MDB e a empresas na Paraíba.

Batizada de Ombro a Ombro, a 73ª fase da Lava Jato cumpre 15 mandados de busca e apreensão em Cabedelo, Campina Grande e João Pessoa, na Paraíba, além de Brasília.

Além do ministro do TCU, um então assessor dele, Alexandre Costa, também está na lista da força-tarefa e teve R$ 2 milhões bloqueados, porque, segundo o MPF, ele era intermediador das propinas.

A operação se baseia na delação premiada de Leo Pinheiro.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

5 comentários

  1. Nomeações de ministros do TCU devem ser feita por profissionais de carreira da CGU e não por corruptos de carreira vindos do Congresso. Absurdo!

Envie um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Envie-nos a sua opinião, sugestão ou crítica! Fale conosco
-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês