A China anuncia vacina para o coronavírus

O Partido Comunista deu a declaração numa tevê estatal do país A vacina criada por especialistas da Academia de Ciências Médicas Militares foi aprovada para testes clínicos na segunda-feira 16,…
-Publicidade-
São Paulo - Inauguração da linha final de produção da vacina contra febre amarela na unidade Libbs Farmacêutica, uma empresa privada que fez acordo de transferência de tecnologia com o Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos (Bio-Manguinhos) da Fiocruz (Rovena Rosa/Agência Brasil)
São Paulo - Inauguração da linha final de produção da vacina contra febre amarela na unidade Libbs Farmacêutica, uma empresa privada que fez acordo de transferência de tecnologia com o Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos (Bio-Manguinhos) da Fiocruz (Rovena Rosa/Agência Brasil)

O Partido Comunista deu a declaração numa tevê estatal do país

A vacina criada por especialistas da Academia de Ciências Médicas Militares foi aprovada para testes clínicos na segunda-feira 16, segundo informações dadas pela China Central Television nesta terça-feira, 17.

-Publicidade-

A equipe foi liderada pelo bioengenheiro Chen Wei. Desde que chegou a Wuhan, província de Hubei, na China central, no fim de janeiro, Chen e sua equipe começaram imediatamente a trabalhar em uma vacina de subunidade.

A vacina foi aprovada por terceiros, nos quesitos segurança, eficácia e qualidade.

Chen afirmou que também concluiu o trabalho de preparação preliminar para a produção em massa.

Uma vacina de subunidade contém apenas um fragmento do patógeno para estimular uma resposta imune e protetora, de acordo com a Organização Mundial da Saúde.

Esse tipo de vacina é considerado mais seguro e mais estável, mas pode não provocar uma proteção tão eficaz quanto as versões que contêm o patógeno vivo, segundo informações divulgadas pelo Ministério de Defesa Nacional da República Popular da China.

 

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.