-Publicidade-

EUA vão compartilhar vacina após garantir necessidade interna

Secretário de Saúde dos Estados Unidos, Alex Azar, deu a declaração em visita a Taiwan
Foto: Tia Dufour/Casa Branca
Foto: Tia Dufour/Casa Branca

Secretário de Saúde dos Estados Unidos, Alex Azar, deu a declaração em visita a Taiwan

Alex Azar
Secretário de Saúde dos Estados Unidos, Alex Azar | Foto: Tia Dufour/Casa Branca

O Secretário de Saúde dos Estados Unidos, Alex Azar, disse, na segunda-feira, 10, que o país pretende compartilhar qualquer vacina ou tratamento para a covid-19 depois que as necessidades internas forem atendidas.

“Nossa primeira prioridade, claro, é desenvolver e produzir quantidade suficiente de vacinas e tratamentos seguros e efetivos, aprovados pela FDA para uso nos Estados Unidos”, disse Alex Azar durante visita a Taiwan, como registra a agência Reuters.

O presidente norte-americano, Donald Trump, que disputa a reeleição neste ano, vem dizendo que haverá uma vacina pronta até o fim do ano.

LEIA MAIS: Rússia vai registrar 1ª vacina do mundo contra a covid-19

O Secretário de Saúde disse que a decisão dos Estados Unidos de deixar a Organização Mundial de Saúde não significa menos envolvimento de seu país na saúde pública global.

“Esperamos ter a capacidade de, assim que essas necessidades forem atendidas, que esses produtos estejam disponíveis na comunidade mundial, de acordo com distribuições justas e equitativas”, declarou Azar.

Ele ainda disse que os Estados Unidos sempre foram e continuarão sendo o maior financiador de saúde pública no mundo.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês