-Publicidade-

Venda de imóveis novos na capital paulista tem alta de 38% em outubro

Sindicato da Habitação diz que contribuíram para o cenário favorável as baixas taxas de juros e os preços acessíveis dos imóveis

Sindicato da Habitação diz que contribuíram para o cenário favorável as baixas taxas de juros e os preços acessíveis dos imóveis

Construção
Construção civil em São Paulo | Foto: Wagner Souza/Futura Press/Estadão Conteúdo

A cidade de São Paulo registrou em 2020 a maior quantidade de imóveis novos vendidos em um mês de outubro desde 2004.

No décimo mês do ano, o número de imóveis novos vendidos na capital paulista totalizou 5.552 unidades, o que representa uma elevação de 38% em relação ao mesmo mês de 2019. Em comparação a setembro, a alta foi de 7,9%.

Leia mais: RETOMADA EM V NÃO É MIRAGEM, na edição desta semana da Revista Oeste

Os dados divulgados nesta terça-feira, 1º, são do Sindicato da Habitação de São Paulo (Secovi-SP).

“A reação nas vendas de imóveis vem ocorrendo desde maio, quando superamos a fase mais crítica da quarentena. Contudo, vale destacar que, de agosto a outubro, foram comercializadas 17.049 unidades, 45% do total das vendas do ano”, destacou o economista-chefe do Secovi-SP, Celso Petrucci.

No acumulado de janeiro a outubro, foram vendidas 38.287 unidades, 5,6% a mais do que o acumulado do mesmo período de 2019 (36.267 unidades), ano em que houve recorde de vendas.

Segundo a entidade, contribuíram para o cenário favorável as baixas taxas de juros e os preços acessíveis dos imóveis.

Com informações da Agência Brasil

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Envie-nos a sua opinião, sugestão ou crítica! Fale conosco
-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês