Brasil exporta 1ª carga de leite da história para a China

O negócio foi realizado no começo deste mês
-Publicidade-
O parque industrial da CCGL em Cruz Alta (RS) tem uma das estruturas mais modernas da América Latina
O parque industrial da CCGL em Cruz Alta (RS) tem uma das estruturas mais modernas da América Latina | Foto: Divulgação/CCGL

O Brasil exportou a primeira carga de produtos lácteos da história para a China. No dia 5, a Central Cooperativa Gaúcha Ltda (CCGL) enviou um pequeno volume de leite em pó para Xangai por meio de transporte aéreo.

A carga incluiu leite em pó integral, leite em pó desnatado e leite em pó zero lactose. Primeiro grupo brasileiro a buscar habilitação para exportar à China, a CCGL usará essa venda para tentar expandir os negócios no país asiático. A importação foi realizada por uma empresa parceira da cooperativa. Mais dois contêineres de leite em pó já estão negociados e devem ser enviados em breve.

Para viabilizar a venda, a CCGL precisou se adequar às burocracias e exigências sanitárias de Pequim, que exigiram investimentos em manejo, registro, acompanhamento e rastreabilidade.

-Publicidade-

O negócio pode começar a abrir as portas de um dos maiores mercados consumidores de lácteos do planeta, cujas importações estão em franca expansão.

Os laticínios brasileiros começaram a ser habilitados em 2019 para exportar para a China, mas a certificação estava acordada com o país asiático desde 2007. Atualmente, 33 empresas têm o aval para comercializar com os chineses.

A Associação Brasileira de Laticínios ainda não tem uma estimativa do potencial das exportações à China, mas diz que outras empresas estão prospectando negócios.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

4 comentários Ver comentários

  1. Mais um setor produtivo brasileiro que será escravizado pela China! Já foi a carne bovina, suína e avícola, já foi a soja, agora será o leite!

  2. Gozado, não sabia que chinês tomava leite, sabia que tomava água sanitária misturada a um líquido esbranquiçado como num episódio passado anos atrás.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.