Estado de São Paulo lidera produção nacional de banana

Fruta mais consumida no país é cultivada de Norte a Sul
-Publicidade-
Brasileiros consomem em média 25 kg de banana <i>per capta</i> por ano, de acordo com a CNA | Fonte: Reprodução/Epagri
Brasileiros consomem em média 25 kg de banana per capta por ano, de acordo com a CNA | Fonte: Reprodução/Epagri

Atualmente, a banana é a fruta mais consumida no Brasil e possui diversos benefícios para a saúde. A produção é registrada em todo o país e neste ano está estimada em 7 milhões de toneladas, volume superior ao do ano passado (6 milhões de toneladas), de acordo com o levantamento do IBGE. Por conta de seu consumo tão difundido pelo país, foi instituído o dia 22 de setembro para comemorar e lembrar a importância desse alimento para os brasileiros.

Leia mais: “Governo investirá R$ 34 milhões na fruticultura do DF e entorno”

São Paulo lidera a lista dos Estados produtores, respondendo por 15,3% do total produzido, ou 1 milhão de toneladas. Em seguida, estão Bahia (878 mil toneladas), Minas Gerais (801 mil toneladas) e Santa Catarina (714 mil toneladas). Quase metade da produção nacional vem da agricultura familiar.

-Publicidade-

Leia também: “Abrafrutas busca apoio de Mourão para expansão no mercado chinês”

A atividade também tem um papel importante na geração de empregos no agro. Segundo a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), a cultura gera cerca de 500 mil postos diretos de trabalho.

Ranking mundial

O Brasil é o quarto maior produtor de banana do mundo, atrás apenas de Índia, China e Indonésia. Contudo, o país reserva praticamente toda sua produção para o mercado interno, destinando apenas 1% para exportação.

Leia: “Espanha retoma importação de frutas brasileiras”

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

5 comentários Ver comentários

  1. Revista Oeste se o crescimento esperando é de 1 milhao de toneladas ante o ano anterior, que foi de 6 milhoes de toneladas, então o percentual de crescimento é de 16,7% e não 4,7% conforme afirma a Sabrina Nascimento. Houve um equivoco.
    Parabens ao Brasil que segue mostrando sua força tambem no AgroBusiness.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.