Frio faz o preço do café brasileiro aumentar no mercado internacional

As safras dos próximos três a quatro anos poderão estar comprometidas
-Publicidade-
Café brasileiro atingiu recorde de exportação no primeiro semestre | Foto: Canva
Café brasileiro atingiu recorde de exportação no primeiro semestre | Foto: Canva | café - safra 2020

O preço do café arabica subiu 30% na semana passada na Bolsa de Futuros de New York, e já tinha subido 60 desde o início do ano. O jornal britânico Financial Times revelou o motivo para a alta: o frio que está fazendo nos estados produtores do Paraná, São Paulo e Minas Gerais. E isso antes mesmo da atual “semana polar” anunciada pelos meteorologistas.

Para piorar a situação (e apontar um aumento ainda maior dos preços), os pés de café estão fragilizados pela escassez de água. Geadas poderão comprometer as safras dos próximos três a quatro anos, segundo Carlos Mera, analista do Rabobank.

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro