-Publicidade-

Tereza Cristina e secretário da Agricultura dos EUA se reúnem para falar sobre cooperação e produção sustentável

Depois do encontro, ministra da Agricultura afirmou que foi a primeira de várias reuniões
Ministra da Agricultura, Tereza Cristina | Foto: Guilherme Martimon/MAPA
Ministra da Agricultura, Tereza Cristina | Foto: Guilherme Martimon/MAPA

Na manhã desta terça-feira, 6, a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, reuniu-se por videoconferência com o novo secretário da Agricultura dos Estados Unidos, Tom Vilsack. Entre os temas abordados, a cooperação entre os dois países na área agrícola e compromissos com a produção sustentável.

Segundo Tereza Cristina, o Ministério da Agricultura tem grande interesse em fortalecer os laços históricos de colaboração com o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos, uma vez que os dois países estão entre os maiores produtores e exportadores mundiais de produtos agrícolas. A ministra afirmou que o ano de 2021 será marcante para a definição do caminho rumo ao desenvolvimento sustentável. “Não podemos deixar, no entanto, que as preocupações com o meio ambiente se transformem em barreiras ao comércio”, observou. “A existência de comércio livre e desimpedido é, em minha visão, um importante elemento para o fortalecimento de uma agricultura sustentável.”

A ministra também ressaltou a importância de os países do AG-5, grupo que reúne Estados Unidos, Brasil, Canadá, Argentina e México, desmistificarem dúvidas ligadas à agricultura com base na ciência. “Precisamos mostrar para o mundo que a agricultura pode produzir de maneira saudável e segura”, afirmou. Vilsack aproveitou para reforçar o compromisso dos EUA de lidar com as mudanças climáticas, por meio de pesquisas e inovação. “A inovação desempenhará um papel importante para nos ajudar a nos adaptar, mitigar e a nos ajustar a essa nova realidade que enfrentamos”, disse.

O secretário também falou da cúpula sobre o clima que está sendo organizada pelo governo dos Estados Unidos, prevista para acontecer em 22 de abril. “Os EUA estão prontos para assumir compromissos com o mundo de acordo com o Acordo de Paris”, afirmou Vilsack. “O presidente Joe Biden preparou uma proposta de infraestrutura bastante ousada para negociação no Congresso e, se aprovada, acredito que servirá de base de investimentos consideráveis para energia limpa.”

Depois do encontro, Tereza Cristina publicou um post no Instagram comemorando o sucesso da reunião. “É importante mantermos mecanismos ágeis e transparentes de diálogo e comunicação, principalmente para definirmos o caminho rumo ao desenvolvimento cada vez mais sustentável”, escreveu. “O @mapa_brasil quer fortalecer os laços históricos com o @usdagov. É a primeira de várias reuniões que queremos fazer.”

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.