Revista Oeste - Eleições 2022

ANS suspende a venda de 70 planos de saúde

Oito operadoras de convênios médicos foram atingidas pela medida
-Publicidade-
A suspensão de venda de novos planos começa a valer no dia 30
A suspensão de venda de novos planos começa a valer no dia 30 | Foto: Canva

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) suspendeu a comercialização de 70 planos de saúde de oito operadoras de convênios médicos por causa de reclamações de atendimento, ocorridas no primeiro trimestre deste ano.

A medida, divulgada na segunda-feira 27, faz parte do Monitoramento da Garantia de Atendimento, que acompanha regularmente o desempenho do setor e atua na proteção dos consumidores.

As operadoras atingidas pela medida são: Amil, Unimed-Rio, Unimed Norte/Nordeste, Unimed Vertente do Caparaó, Esmale, Santo André, Biovida Saúde e Saúde Brasil Assistência.

-Publicidade-

A maior parte dos planos com proibição de novas vendas é da Amil, com 42 tipos, e Unimed-Rio, com 12 modalidades.

A suspensão de venda de novos planos de saúde dessas categorias começa a valer na quinta-feira 30 e tem validade por um trimestre.

As reclamações recebidas pela ANS consideradas no monitoramento se referem ao descumprimento dos prazos máximos para a realização de consultas, exames e cirurgias ou negativa de cobertura assistencial.

“Quando uma operadora possui produto com comercialização suspensa, ela não pode registrar nenhum novo plano que seja análogo aos que estiverem na lista de suspensão nem receber novos beneficiários nos planos de saúde”, segundo a ANS.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

2 comentários Ver comentários

  1. Cansamos desses joguinhos de cena, da ANS com as operadoras, que não passam de um enorme e covarde corporativismo. As operadoras sempre pagando os profissionais pelo piso -, e ainda alegando que as receitas mal cobrem os custos, no entanto, o que se vê é um excelente negócio para fazer bilionários, onde donos de planos são os mais ricos. Agora, essa ANS teria autorizado um aumento em torno de 15%, mas meu boleto veio com um aumentozinho de 30%. Baseados em que? O mundo deles é outro e pronto. Reclamamos mas sempre fica assim mesmo. A ganância estraga qualquer negócio.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.