Barracas do Exército na Sé vão abrigar ação social

Evento é organizado pelo Tribunal Regional da 3ª Região
-Publicidade-
Caminhões e barracas do Exército montadas na Praça da Sé para o evento Pop Rua Jud Sampa 2, 20/11/2022 | Foto: Revista Oeste
Caminhões e barracas do Exército montadas na Praça da Sé para o evento Pop Rua Jud Sampa 2, 20/11/2022 | Foto: Revista Oeste

Nos dias 21, 22 e 23 de novembro a Praça da Sé, no centro da cidade de São Paulo, vai abrigar o Pop Rua Jud Sampa 2 — um evento organizado pelo Tribunal Regional da 3ª Região (TRF-3) para atendimento especial de moradores de rua.

De acordo com o último Censo da População em Situação de Rua, realizado na capital paulista entre outubro e dezembro de 2021, a cidade de São Paulo tem hoje cerca de 32 mil moradores de rua.

Divulgada na página oficial do TRF-3, a ação ocorrerá com a participação de instituições do poder público federal, estadual, municipal e organizações da sociedade civil, para oferecer serviços à população de rua da região.

-Publicidade-

O mutirão envolve três eixos: atendimento assistencial e de saúde; cidadania, com a expedição de documentos e a regularização de cadastros; e judicial, com atendimento jurídico pelas instituições parceiras, para a garantia de acesso à Justiça, com propositura de ações e atenção a questões assistenciais, previdenciárias, trabalhistas e criminais.

Nas redes sociais, circulam vídeos inferindo que o Exército estaria se preparando para realizar uma operação militar na Praça da Sé. De acordo com a juíza federal e coordenadora do evento, Marisa Cucio, nesta segunda edição, o Exército brasileiro emprestou 40 barracas, onde serão realizados os atendimentos. Além disso, médicos do Exército também vão participar do evento, realizando consultas e prestando serviços de saúde. Marisa disse que a expectativa é atender 10 mil pessoas nos três dias de mutirão. “É um grande evento de cidadania, para facilitar a vida dessas pessoas que moram na rua”.

Mais de 40 entidades estarão presentes para esclarecer dúvidas sobre benefícios previdenciários, Auxílio Brasil, consulta e liberação de Fundo de Garantia do Tempo do Serviço (FGTS), PIS/PASEP, seguro-desemprego, livramento condicional, defesa em processos criminais, regularização de processos penais, agendamento de comparecimento à Justiça, assinatura de carteirinha de regime aberto, direito de família, além de consulta e propositura de processos trabalhistas.

Na área da saúde, serão oferecidos testagem rápida de HIV, sífilis e hepatite; vacinação para adultos e crianças; medição de pressão arterial; orientação para diabetes, tuberculose, álcool e drogas; saúde bucal; cortes de cabelo; maquiagem; brinquedoteca, serviços para animais de estimação, entre outros.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

24 comentários Ver comentários

  1. O Exercito deveria voltar para os quartéis logo que não vai fazer nada mesmo.
    Só há miseráveis criados pelos governos ate 2018.
    A ação social da prefeitura e do governo dão conta.

    1. Você deveria ter um pouco mais de hombridade e nominar quem foi quem escreveu e escreveu o que, e não ficar dando indiretas. coisa de fresco. Bichinha escrota.

      1. Amigo Paulo Renato, passa lá na tenda pra escovar essa boca suja, fazer um check-up da cabeça ou fazer um exame de próstata já que vc sempre teve curiosidade. Cuidar da saude faz bem!

  2. Segundo depoimentos de antigos moradores locais, alguém que já passou dos 70 anos, nunca viram esse tipo de ação social feito por esse exército e ainda mais, com o patrocínio de uma entidade esquerdista que é esse judiciário. Então esse milicos saem em carreata, montam aquele circo mambembe no centro da cidade para atender os cracudos, não sei qual é o objetivo. Será que descobriram uma cura para esses vagabundos infelizes? E aí ficam esses otários, caindo nessa pegadinha escrota, exclamando: Agora vai!…agora vai!… Bando de otários, vocês me provocam vergonha alheia.

    1. Talvez vão distribuir drogas e cachimbos, quem sabe? Palhaçada, vão fazer algo de mais útil então. Que tal começar varrendo ruas, fazendo uma faxina geral naquela cidade imunda, e pintar meio fios, bando de desocupados.

  3. O exercito fazendo valer o soldo mensal que recebem do governo. Que estas ações se espalhem para todo o território nacional. Já fui militar e me usavam ali dentro só pra tirar serviço na guarda e cumprir ordens internas. Já que não prestam para escutar o clamor da população, ao menos ajudem os necessitados.

  4. Calma! É sempre assim mesmo, lembram da Rússia, era só treinamento bla bla bla e depois já sabem… tudo uma questão de estratégia e logística, se precisar, esta lá. A onça vai matar a sede.

    1. Perfeito, é isso mesmo, que façam a ação e mantenham as barracas já montadas e prontas para receber a tropa, além de já se ter ali mesmo um hospital de campanha, pois será necessário.

  5. As FAs seguem lustrosas e inabaláveis, se mostrando presentes em festejos, ações de caridade social, etc … enquanto aqui no mundo real, em solo Brasileiro, os milhões de Brasileiros que foram às ruas ao longo de dois 07/09 de 21 e 22, e de um mega 15/11/22, seguidos de heróicas ações de caminhoneiros e dos acampados em frente a quartéis, se manifestam contra essa podridão criminosa que se arvora sobre o País. Afinal, onde estão os comandantes das FAs, último bastião da República? Esperam alguma procuração cartorial para agirem? Não tem nenhuma liderança que possa fazer valer a CN88? Vão continuar fingindo estratégias de video game para adolescentes ou vão cumprir a missão de proteger o Povo?

  6. Ao comentarista Finlab e outros sobre pressão sobre o Congresso, um lembrete do Barão de Itararé (Aparício Torelly 1895-1971):—>>> “De onde menos se espera, é daí que não sai nada mesmo.”

  7. Conta simples:
    513 x 1milhāo + 81x2milhiőes + 9x10milhões = 765 milhőes = 1/265 X o valor fo FURA-teto inicial, com o cala-boca para aprovaçāo dos irresponsaveis pelo Brasil. Uma bagut ela nāo incluindo, é claro, os presidentes de organizações criminosas partidárias.

    1. Voce é o mais burro que ja aparexu aqui. Preste atenção: Bolsonaro não furou o teto,o país esta em superávit,com pandemia,guerra e safados, todos contra. Estatais dando 170 bi de lucro,contra 30 bi de prejuizo do roubo da companherada. Crescimento maior que alguns bons paises do g30. O ladrão encantador de retardados, mal assumiu e ja quer gastar a e conia de 10 anos da reforma da previdencia em 4 e explodindo o teto. Nem assumiu e a petrobrás perdeu 1/4 do valor de mercado Prejuizo de bilhoes ao país. Equipe de transição com + de 300 ,com salarios de 15 a 20k ,contra 28 pessoas do pr. Jatinho de empresario corrupto. Mas é neu amigo. Eu sei que seu cérebro não vai assimilar

  8. FINLAB, COM TODO RESPEITO, TAMBÉM ENTENDO QUE ESTÁ NA HORA DE MUDAR
    O DISCO. NÃO ADIANTA O CONGRESSO VOTAR LEIS JUSTAS EM BENEFÍCIO DA POPULAÇÃO, POIS SE CONTRARIAR INTERESSES JÁ ERA. BASTA UM RANDOLFE DA VIDA IR PEDIR NO STF A INCONSTITUCIONALIDADE DA NORMA, E O STF ATENDE RAPIDINHO, PROLATANDO UMA LIMINAR. A ORIGEM DO MAL NO QUAL ESTAMOS VIVENDO ESTÁ NO STF! ELE NÃO DEVE EM NENHUMA HIPÓTESE SER EXTINTO, MAS
    OBJETO DE SEVERA FAXINA, COM A APOSENTADORIA, IMEDIATA, DE PELO MENOS SEIS MINISTROS, NOVAS REGRAS PARA PREENCHIMENTO DAS FUNÇÕES, PRAZO
    PARA OS RESPECTIVOS MANDATOS E, ESPECIFICAÇÃO DETALHADA DAS MATÉRIAS
    NAS QUAIS TERÁ COMPETÊNCIA PARA SE MANIFESTAR, SENDO AS DECISÕES MONOCRÁTICAS PROFERIDAS SOMENTE EM CASOS ESPECIALÍSSIMOS, COM IMEDIATA REMESSA DOS AUTOS AO PLENÁRIO. AFINAL, O CIDADÃO CONTRIBUINTE PAGA PARA O COLEGIADO JULGAR, E NÃO UM JUIZ SINGULAR. NUNCA É DEMAIS
    LEMBRAR QUE, SE OS MINISTROS DO STF ESTIVESSEM INTERESSADOS NA PAZ DO
    PAÍS, APRESENTARIAM SEUS PEDIDOS DE DESLIGAMENTO IMEDIATAMENTE, DANDO
    OPORTUNIDADE PARA NOVOS JULGADORES, UMA VEZ QUE NINGUÉM É INSUBSTITUÍVEL, NINGUÉM É INDISPENSÁVEL E NINGUÉM NASCE
    JUIZ E NEM PRECISA MORRER JUIZ!

  9. MUITO BOM, SOMENTE GOSTARIA QUE FOSSEM CONVIDADOS OS ILU MINISTROS PARA PARTICIPAREM DESSE GRANDIOSO E MERECIDO EVENTO, PARA PODEREM PARAR DE IR PARA O EXTERIOR GASTAR TANTO DINHEIRO QUE PODERIA SER REVERTIDO NESTA CAUSA TÃO NOBRE, PARABÉNS AOS ORGANIZADORES . . .

  10. A única forma de expulsar o PT do poder é impedindo que aprovem o aumento do orçamento para 2023.

    Como isso é possível?

    Pressionando o Congresso Nacional – Câmara dos Deputados e Senado – a *não aprovar* a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) enviada por Lula.

    Lula enviou ao Congresso Nacional Proposta de Emenda Constitucional (PEC) prevendo aumento de R$ 200 bilhões em diversos gastos públicos. Apenas uma fração desse montante será destinada ao Bolsa Família (ex-Auxílio Brasil). Com possíveis reflexos sobre o aumento dos impostos, a PEC vem sendo criticada tanto pela oposição – General Mourão chamou a PEC de “estupro do Orçamento” – como de Renan Calheiros e outros aliados do PT: https://www.correiobraziliense.com.br/politica/2022/11/5049357-mourao-detona-proposta-de-pec-do-time-de-lula-para-bancar-auxilio-de-rs-600.html

    1. Finlab, vira o disco. Esse papo de congresso pressionar, diálogo, etc., no Brasil não dá. A pressão dos povos nas ruas é que vai fazer acontecer. O povo está acordando… todo poder emana do povo… é agora ou nunca.

      1. Perfeito, Jeter. Esse papo de 4 linhas da CF, jogar dentro das leis, não nos igualar a eles já encheu o saco e já está mais do que provado que não vai dar em nada. Ou é pé na porta, botina na cara, fuzil na fuça ou não vai acontecer ABSOLUTAMENTE NADA.

      2. Prezado Renato Perim, percebi e me coaduno com sua indignação. Porém, pergunto-lhe, quem vai proceder o “pé na porta, botina na cara, fuzil na fuça”? Caso o senhor se refira aos funcionários públicos das FAs, sugiro que desista dessa idéia. Essa turma não vai fazer nada disso, se comportam como servidores de balcões de repartições públicas. Nada de trabalho!! Enquanto o País se torna alça de mira de ORCRIMs recorrentes, o EB monta acampamentos para ações sociais, coisa de carolas de sacristia. Essa fantasia midiática na Praça da Sé SP, espero, deva fazer parte de uma estratégia de combate ao golpe eleitoral, mas que de tão secreta, nem os próprios comandantes militares devem conversar entre si. As FAs seguem como uma nau desgovernada, presa fácil de aventureiros poderosos. Inevitavelmente, o “pé na porta” deverá vir de fontes que não existem, boa parte dos 58 milhões de Brasileiros sossegados em seus sofás, seguem como cordeiros, para um novo holocausto.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.