-Publicidade-

Bolsa de Valores não fechará durante megaferiado antecipado em SP

Em comunicado divulgado na noite desta sexta-feira, a B3 diz que manterá o calendário planejado anteriormente
B3 é a bolsa de valores do Brasil | Foto: Divulgação
B3 é a bolsa de valores do Brasil | Foto: Divulgação | b3 - ipo - neogrid - R$ 500 mil

O megaferiado decretado por Bruno Covas entre 26 de março e 4 de abril não afetará o funcionamento da Bolsa de Valores brasileira. A B3 não vai aderir à antecipação de feriados na capital paulista. Em comunicado divulgado na noite desta sexta-feira (19), a empresa diz que manterá o calendário planejado anteriormente.

Para tentar frear a disseminação do coronavírus em São Paulo, a prefeitura antecipou para os dias 26, 29, 30 e 31 de março e 1º de abril os feriados de Corpus Christi e do Dia da Consciência Negra de 2021 e 2022, além do aniversário de São Paulo do ano que vem.

Todos os segmentos da B3, porém, funcionarão normalmente nessas datas. No dia 2 de abril a Bolsa não funcionará por já ser o feriado de Sexta-Feira Santa. Os demais feriados serão mantidos em suas datas originais pela B3 (Corpus Christi em 3 de junho, Consciência Negra em 20 de novembro e, em 25 de janeiro, o aniversário da cidade).

“Qualquer tipo de fechamento do mercado financeiro dessa forma abrupta pode gerar uma distorção na formação de preços”, disse Fabrizio Velloni, economista-chefe da Frente Corretora, ao jornal Folha de S.Paulo. “É importante que a B3 não feche”. Os bancos ainda não definiram se vão aderir à antecipação dos feriados.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 comentário

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.