Brasil fecha participação em Tóquio com mais duas pratas e termina em 12º lugar

País conquistou sete medalhas de ouro, seis de prata e oito de bronze nos Jogos do Japão
-Publicidade-
Olimpíada de Tóquio
Olimpíada de Tóquio

Com duas medalhas de prata conquistadas na madrugada deste domingo em Tóquio, o Brasil finalizou sua participação na Olimpíada com 21 medalhas (sete de ouro, seis de prata e oito de bronze), na 12ª colocação no ranking. É a melhor posição do país na história.

Neste domingo, o Brasil foi derrotado na final do vôlei feminino pelos Estados Unidos. A boxeadora Beatriz Ferreira também foi derrotada na final da categoria até 60 kg.

A próxima edição dos Jogos Olímpicos será realizada em 2024, na cidade de Paris.

-Publicidade-

Medalhas

Ouro: Ítalo Ferreira (surf), Rebeca Andrade (ginástica artística/salto), Martine Grael/Kahena Kunze (Vela/ 49er FX), Ana Marcela Cunha (maratona aquática), Isaquias Queiroz (canoagem/ C1 1.000m), Hebert Conceição (boxe/peso médio), Futebol masculino.

Prata: Kelvin Hoefler (skate), Rayssa Leal (skate), Pedro Barros (skate), Rebeca Andrade (ginástica/individual), Beatriz Ferreira (boxe) e Vôlei feminino.

Bronze: Daniel Cargnin (judô), Fernando Scheffer (natação/200m livre), Mayra Aguiar (judô), Laura Pigossi/Luisa Stefani (tênis), Bruno Fratus (natação/50m livre), Alison dos Santos (400m com barreiras) e Abner Teixeira (boxe).

Quadro final de medalhas – Tóquio I Fonte: Google
Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

3 comentários

  1. Achei absurdo reportagem Globo. Mais medalhas 🏅mesmo com menos investimento. Eu diria como um jornalista sério. Menor investimento pois a parte da corrupção não foi necessária, e mais rendimento com mais eficiência. Socialistas acham que se deve derramar dinheiro como os suoerfatiramentos de arenas e estádios e se justifica por conta do acontecimento. A podridão de fato toma conta do jornalismo de esquerda neste país

  2. Senhores REDAÇÃO da Oeste. Quarenta e um atletas brasileiros tiveram que fazer “vaquinhas” para ir à Olimpíadas. Mais da metade dos atletas não tem patrocínio. Os atrasos nos pagamentos do Bolsa Atleta são crônicos e recorrentes. Os senhores se arvoram a dizer que ” o país conquistou”? Que país? Uma medalhista de ouro é sustentada pelo Flamengo. Outro medalhista de ouro também. O futebol sustentado pelos altos salários dos clubes europeus e asiáticos, como o vôlei. Um corredor de maratona é sustentado por patrocinadores de Portugal, sabiam? Estudem mais o assunto. Parem de ufanismo infantil Encarem a realidade. Sejam imparciais.

  3. Se em vez de gastar aqueles bilhões com as olimpíadas no Brasil, se tivesse investido em infraestrutura, o pais estaria melhor economicamente e poderia investir melhor nos atletas. Com um investimento ínfimo, se conseguiu resultados melhores. Fora corruptos do PT!

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro