Brasil recebe mais 5,5 milhões de vacinas

Informação foi confirmada pelo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga
-Publicidade-
Mais 5,5 milhões de vacinas chegaram ao Brasil nesta sexta-feira, 16
Mais 5,5 milhões de vacinas chegaram ao Brasil nesta sexta-feira, 16 | Foto: Mister Shadow/Estadão Conteúdo

O Brasil recebeu na noite desta sexta-feira, 16, mais 5,5 milhões de doses de vacinas contra a covid-19, sendo 4,4 milhões da AstraZeneca, produzida pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), e 1,1 milhão da CoronaVac, produzida pelo laboratório chinês Sinovac em parceria com o Instituto Butantan.

As informações foram divulgadas pelo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, no Twitter. Ao todo, 154 milhões de doses já foram entregues aos Estados.

Segundo o governo federal, do total de doses enviadas às unidades da Federação, 74,9 milhões são da AstraZeneca, 57,2 milhões da CoronaVac, 16,3 milhões da Pfizer/BioNTech e 4,7 milhões da Janssen.

Leia também: “Precisamos falar sobre a CoronaVac”, reportagem de Paula Leal publicada na Edição 67 da Revista Oeste

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

4 comentários

  1. Azarado quem receber a Coronavac. Se ela tivesse sido defendida por Bolsonaro estaria sendo detonada pela imprensa, como é a vacina do calça apertada ficam quietinhos. Muitos foram vacinados com ela e adoeceram, muitos morreram.

  2. Uma coisa que é de obrigação de qualquer governo, esse paraíba desmiolado ou sei lá o que se possa definir esse sujeito, fica aí comemorando. Deveria comemorar, isso sim, a não necessidade de vacinas, seu palhaço! Ainda mais essas vacinas que já estão a falar que será necessária tomar mais uma dose desse mijo de chinês.

  3. O melhor seria não ter a necessidade de vacinas, mas se este é o trabalho a fazer pois os números tem mostrado que a vacinação segue e isso tem diminuído o número de casos, então felizmente a de se comemorar pelo menos o trabalho do ministério da saúde. Enfim, eu tomei a 1° dose e gostaria de não ter tomado pois já tive Covid, mas como sem a vacina não viajo nem a trabalho por conta do toa discutido cartão da vacina, fazer o que, espero não morrer por conta da vacina.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site