Revista Oeste - Eleições 2022

ButanVac: estudo pré-clínico indica alta eficácia contra variantes

Nesta etapa, os pesquisadores concluíram que a vacina foi capaz de produzir elevados níveis de anticorpos
-Publicidade-
Segundo o artigo, a vacina demonstra versatilidade por causa da sua eficácia tanto com a tecnologia que utiliza vírus "vivos", quanto de vírus inativados
Segundo o artigo, a vacina demonstra versatilidade por causa da sua eficácia tanto com a tecnologia que utiliza vírus "vivos", quanto de vírus inativados | Foto: Divulgação/Instituto Butantan

Em estudos pré-clínicos, a ButanVac demonstrou ter alto poder de produzir anticorpos contra a covid-19. A informação foi divulgada pelo Instituto Butantan, responsável pela produção da vacina, na quinta-feira 28.

A pesquisa descreve os resultados finais do trabalho do consórcio internacional responsável pelo desenvolvimento da tecnologia do imunizante.

As conclusões dos ensaios pré-clínicos foram divulgadas em artigo publicado na revista Nature Communications.

-Publicidade-

No estudo, os pesquisadores descrevem a avaliação da imunogenicidade — a capacidade da vacina em estimular a produção de anticorpos contra a doença — e da eficácia protetora da ButanVac em camundongos e hamsters.

Foram analisadas duas versões do imunizante: a primeira, que será produzida no Butantan, é feita com vírus inativados para administração intramuscular, nos mesmos moldes da vacina da gripe; a segunda versão utiliza vírus “vivos”, e sua aplicação é via intranasal.

Resultado

Os pesquisadores concluíram que, nesta etapa clínica com camundongos e hamsters, a vacina foi capaz de produzir elevados níveis de anticorpos que permitiram a neutralização não só do coronavírus, mas também das variantes Alfa, Beta e Gama. Os estudos com a variante Delta, que ainda não havia surgido quando do início dos estudos com animais, estão em fase adiantada.

Ensaios com humanos já estão em andamento. Na versão da vacina inativada, ocorre no Brasil, Tailândia e Vietnã. Já na versão intranasal, no México.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

4 comentários Ver comentários

  1. Credibilidade é algo difícil de conquistar, fácil de perder e dificílimo de recuperar.

    O Butantan só terá chance de recuperar a credibilidade quando o PSDB estiver afastado do governo do Estado por vários mandatos consecutivos. O que ocorreu ali durante esta pandemia foi repugnante.

  2. Depois de mentir a respeito da Coronavzc dizendo que elz tinha 100% de eficácia contra infecções graves e mortes, lá vem de novo o Doria insistir que AGORA é verdade. Que essa vacina tem 100% de eficácia contra a hospitalização e mortes de hamsters e camundongos. Ninguém cai mais nisso. Nem vacin da gripe tomo mais se for do Butantan.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.