Cirurgião Claudio Marsili é assassinado na Barra da Tijuca

Ele havia acabado de estacionar o carro perto da clínica da qual era sócio quando foi alvo de três criminosos armados
-Publicidade-
Claudio Marsili foi vítima de criminosos
Claudio Marsili foi vítima de criminosos | Foto: Reprodução/Redes sociais

O cirurgião plástico Claudio Marsili, de 64 anos, foi morto a tiros na Barra da Tijuca, na zona oeste do Rio de Janeiro, na manhã desta terça-feira, 19. O crime ocorreu próximo à Divisão de Homicídios da Capital, que investiga o caso.

De acordo com a Polícia Militar, o cirurgião plástico estacionava o carro próximo à Clínica Vitée, da qual era sócio, quando foi surpreendido por criminosos armados em um automóvel. O médico foi baleado mesmo depois de ter entregado o veículo aos bandidos.

O Corpo de Bombeiros foi acionado às 6h37 para o socorro, mas encontraram Claudio morto. Às 9h20, Italo Marsili, filho de Claudio, estava no local do crime, ao lado do corpo do pai. Às 10 horas, o corpo foi removido.

-Publicidade-
Família de Claudio Marsili velou o corpo do cirurgião | Foto: Reginaldo Pimentar/Agência O Dia/Estadão Conteúdo

Cremerj lamenta a morte

O Conselho Regional de Medicina do Rio de Janeiro (Cremerj) emitiu nota de pesar. “O Cremerj está consternado e lamenta a morte do renomado colega Claudio Marsili por um motivo tão cruel”, diz o texto.

“Ontem [18], nossa categoria profissional celebrou o Dia do Médico, com uma iluminação especial do Cristo Redentor por essa data, e é muito triste receber esta notícia e saber que estamos tão expostos à insegurança e à violência em nossa cidade”, prossegue.

“Pedimos às autoridades que assegurem o nosso direito de ir e vir e que os responsáveis sejam devidamente punidos. O Cremerj se solidariza com os familiares, amigos e colegas de trabalho neste momento de dor.”

Italo Marsili

Nas redes sociais, Italo Marsili pediu oração pelo pai. “Muito obrigado pelo carinho e por estarem atentos ao que importa”, escreveu.

Reprodução/Redes sociais

Italo chegou a ser cogitado para ocupar o cargo de ministro da Saúde no lugar de Nelson Teich. Ele é formado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (Uerj), com mestrado na Universidade de Navarra, na Espanha. Marsili trabalhou como psiquiatra forense canônico no Tribunal Eclesiástico de São Sebastião do Rio de Janeiro.

Mila Marsili, outra filha de Claudio, também pediu orações. “Rezem pelo meu pai, por favor”, disse. “Que Deus possa receber com alegria mais um de seus filhos no céu. Obrigado a todos pelas mensagens de carinho.”

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

5 comentários Ver comentários

  1. Ele era muito benquisto pelos conservadores e militava muito nessa área, talvez esse roubo de veículo seja apenas um motivo secundário, precisa ser muito bem investigado isso daí. Que Deus conforte sua família e o receba.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.