-Publicidade-

Conselho do Ministério Público deve arquivar denúncia contra Dallagnol

Defesa de Lula ataca a força-tarefa do Ministério Público pela imagem do famoso powerpoint

Principal alvo da defesa de Lula é o procurador Deltan Dallagnol, líder da força-tarefa de Curitiba

Deltan Dallagnol
O procurador Deltan Dallagnol, coordenador da Operação Lava Jato I Foto: José Cruz/Agência Brasil

A força-tarefa da Lava Jato no Paraná deverá ter uma vitória nesta terça-feira, 25, no Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP). Após anos, será analisado o Pedido de Providências n° 1.00722/2016-20, impetrado pelo advogado Cristiano Zanin Martins, que defende o ex-presidente Lula.

No requerimento, que está sob a relatoria do conselheiro Marcelo Weitzel Rabello de Souza, a defesa ataca a força-tarefa pela imagem do famoso PowerPoint que colocava o petista cercado de nomes como “José Dirceu”, “Petrolão + propinocracia” e “Maior beneficiado”. Tratava-se da denúncia que levou Lula à cadeia: o tríplex do Guarujá.

O principal alvo da defesa é o procurador Deltan Dallagnol, que liderava a equipe. Nesta terça, o caso deverá ser arquivado pelo CNMP.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês