-Publicidade-

CoronaVac é eficaz contra a variante de Manaus do coronavírus

É o que aponta um estudo preliminar do Instituto Butantan
A CoronaVac é produzida pelo laboratório chinês Sinovac
A CoronaVac é produzida pelo laboratório chinês Sinovac | Foto: Reprodução/Flickr

A CoronaVac, vacina contra a covid-19 do laboratório chinês Sinovac, mostrou ser eficaz contra a variante de Manaus do coronavírus, segundo dados preliminares de um estudo realizado pelo Instituto Butantan, responsável pelo envasamento do imunizante no Brasil. O estudo foi feito por meio do exame de amostras de sangue retiradas de pessoas vacinadas com a CoronaVac e testadas contra a variante de Manaus, e os dados preliminares indicam a eficácia do imunizante diante da cepa. A variante do coronavírus conhecida como P.1 e originada em Manaus é apontada como mais transmissível que cepas anteriores; por isso, é vista como um dos fatores que levaram ao recrudescimento da pandemia de covid-19 no Brasil nas últimas semanas.

O Butantan entregou 16,1 milhões de doses da CoronaVac, que é aplicada em duas doses, ao Programa Nacional de Imunização (PNI) do Ministério da Saúde. Além desse montante, o PNI conta atualmente com 4 milhões de doses importadas prontas da Índia da vacina desenvolvida em conjunto entre a AstraZeneca e a Universidade de Oxford, no Reino Unido. O presidente do Butantan, Dimas Covas, disse anteriormente que a CoronaVac apresentou resultados “muito positivos” em testes feitos na China contra as variantes britânica e sul-africana da covid-19, também tidas como mais contagiosas que cepas anteriores. As informações são da Reuters.

Leia também: “O que falta para o Brasil acelerar a vacinação?”, reportagem de Cristyan Costa e Paula Leal publicada na Edição 50 da Revista Oeste

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.