-Publicidade-

Coronavírus: parlamentar britânica é presa por voltar doente para casa

A escocesa Margaret Ferrier é acusada de "conduta desrespeitosa"
A parlamentar britânica Margaret Ferrier
A parlamentar britânica Margaret Ferrier | Foto: Divulgação/Redes Sociais

Margaret Ferrier foi presa nesta terça-feira, 5. Seu crime foi voltar para casa depois de ser diagnosticada com a covid-19. Margaret é uma parlamentar escocesa que integra o Parlamento do Reino Unido. Em setembro, logo após uma sessão em Westminster, ela recebeu o resultado positivo do teste e resolveu tomar um trem rumo a sua cidade, na Escócia, a 600 quilômetros de Londres. Os policiais do país investigaram o caso e determinaram que a política apresentou “conduta desrespeitosa”.

“Podemos confirmar que nossos agentes prenderam hoje e prestaram queixa contra uma mulher de 60 anos que é alegadamente culpada de conduta desrespeitosa”, informou um porta-voz da polícia escocesa. “Isso foi feito após uma investigação liderada pela polícia da Escócia que apurou quebra de protocolos e medidas de contenção do coronavírus entre os dias 26 e 29 de setembro de 2020”, finalizou.

Margaret é filiada ao Partido Nacional Escocês (Scottish National Party) e foi suspensa pela legenda.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

2 comentários

  1. Essa merdha de Inglaterra agora virou uma China, agora não se pode nem voltar para casa para se isolar, que é “conduta desrespeitosa? Onde se vai chegar com isso, karalho?

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês