CPI recorre ao Supremo contra anulação de prisão de ex-diretor da Saúde

Cúpula da comissão alega que Roberto Dias 'se mostrou relutante em esclarecer fatos'
-Publicidade-
Roberto Dias, ex-diretor de logística do Ministério da Saúde, teve prisão decretada pelo presidente da CPI, Omar Aziz
Roberto Dias, ex-diretor de logística do Ministério da Saúde, teve prisão decretada pelo presidente da CPI, Omar Aziz | Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado

A CPI da Covid recorreu ao Supremo Tribunal Federal (STF) contra a decisão da Justiça Federal em Brasília que anulou a prisão em flagrante do ex-diretor de logística do Ministério da Saúde Roberto Dias, decretada pelo presidente da comissão, Omar Aziz (PSD-AM), durante a sessão do colegiado no dia 7 de julho.

Na justificativa para a prisão, o senador alegou que Dias teria mentido à comissão. Na mesma noite, o ex-diretor da Saúde pagou uma fiança de R$ 1,1 mil e foi libertado.

Leia mais: “Justiça anula prisão de ex-diretor da Saúde decretada por Aziz na CPI”

-Publicidade-

Como Oeste noticiou, a decisão de anular a prisão foi tomada pelo juiz Francisco Codevila, da 15ª Vara da Justiça Federal, que atendeu a um pedido dos advogados de Dias. Segundo os defensores do ex-servidor, houve abuso de autoridade por parte de Aziz, além de inexistência de justa causa para a detenção.

Leia também: “Renan inclui Onyx, Osmar Terra e mais sete em lista de investigados da CPI”

Na petição ao STF, a cúpula da CPI afirma que cabe à Corte a análise sobre a prisão de Dias. “Ao longo da oitiva, [Dias] se mostrou relutante em esclarecer fatos, esquivou-se constantemente dos questionamentos e inequivocamente faltou com a verdade, ocasião em que a prisão em flagrante se impôs”, diz o texto.

Leia também: “‘Eles não têm nada contra mim. Zero’, diz líder do governo sobre CPI”

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

2 comentários

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro