Em SC, praia famosa por arranha-céus que encobrem o sol vai alargar faixa de areia

Balneário Camboriú já iniciou as obras para triplicar o espaço dos banhistas
-Publicidade-
Imagem da praia de Baneário Camboriú durante à tarde
Imagem da praia de Baneário Camboriú durante à tarde | Foto: Reprodução/Redes sociais

A cidade litorânea de Balneário Camboriú (SC) terá uma orla com mais sol na praia. Uma obra faraônica pretende alargar a faixa de areia no município de cerca de 145 mil habitantes e triplicar o espaço para banhistas ao longo de quase seis quilômetros. Com a nova configuração, toda a extensão na Praia Central passará a ter 70 metros. No Pontal Norte da praia foi instalado um canteiro de obras com oito mil metros quadrados para abrigar os 333 dutos que vão conectar a draga, a 1,6 quilômetro da praia, à faixa de areia e à jazida. São ao todo quatro quilômetros de tubos. É a maior obra desse tipo já feita em Santa Catarina, e uma das maiores já registradas no Brasil.

Balneário Camboriú - alargamento da praia - SC
No Pontal Norte da praia foi montado o canteiro de obras para abrigar os dutos. Ao todo, são quatro quilômetros de tubos | Foto: Divulgação
A tubulação está sendo espalhada por toda a extensão da faixa de areia | Divulgação/Revista Oeste
-Publicidade-

A expectativa é de que o alargamento da praia comece entre o fim de maio e início de junho, segundo informações do portal NSC. A prefeitura de Balneário Camboriú estima que, se não houver intercorrências, o projeto estará pronto em setembro. As obras estão estimadas em R$ 66 milhões e serão executadas pela filial brasileira da Jan De Nul, empresa belga que atua em dragagem — especialmente no setor portuário. Além do alargamento da praia, também está prevista a reurbanização da orla, com a construção de um calçadão, mais ciclovias e extensão das pistas para veículos. Essa etapa, todavia, não entra no pacote de custos da ampliação da faixa de areia, e ainda depende de aprovação de projeto e licitação.

Alargamento da praia de Balneário Camboriú | Foto: Reprodução/NSC Total

Rio de Janeiro

Na década de 1970, a praia de Copacabana, no Rio de Janeiro, foi engordada com areia da Enseada de Botafogo. A obra também englobou a construção de calçadões, estacionamentos, seis pistas de automóveis e um interceptor oceânico para captar o esgoto do bairro. Apesar da beleza estética do projeto, muita gente critica a iniciativa afirmando que o recuo do mar prejudicou o banho já que as ondas estouram altas no raso. Em dias de ressaca, o banho chega a ser proibido.

Leia o artigo do colunista Dagomir Marquezi, publicado na Edição 46 da Revista Oeste, e conheça “The Line”, a cidade na Arábia Saudita que está propondo uma verdadeira utopia urbana

Dubai brasileira

O engordamento da praia de Balneário Camboriú busca resolver um problema que moradores e turistas enfrentam há anos: a falta de sol na praia em razão dos arranha-céus construídos ao longo de toda a orla. Só para se ter uma ideia, a cidade tem hoje seis dos dez maiores edifícios residenciais da América do Sul, de acordo com o ranking do site Skyscrapercenter, que reúne dados da construção civil em todo o mundo. Existe até uma disputa entre as construtoras locais para ver quem lança o edifício mais alto. Alguns prédios chegam a abrigar 81 andares e cinco já ultrapassam os 200 metros de altura — o equivalente a dois campos de futebol enfileirados. A envergadura dos arranha-céus rendeu à cidade catarinense o título de “Dubai brasileira”, uma referência à maior cidade dos Emirados Árabes, famosa pelas construções grandiosas.

Durante toda a manhã, é possível aproveitar a praia de Balneário Camboriú sem o sombreamento dos edifícios

Com a conclusão da obra, os mesmos edifícios de frente para o mar que hoje tapam o sol de milhares de banhistas serão beneficiados pela valorização imobiliária. Alguns especialistas acreditam que após o alargamento, o preço dos imóveis suba até 20%. Oficialmente, o tempo de sol não foi apontado como motivo para alargar a praia. A prefeitura alega que se trata de uma recomposição do que o mar ‘engoliu’ ao longo das últimas décadas. No entanto, é inegável que o sol brilhará por mais tempo na praia depois que a empreitada for concluída. A expectativa é que a obra torne a cidade, que chega a receber mais de um milhão de visitantes ao ano, mais atrativa para os turistas, e que isso movimente a economia local.

Leia também: “Startup Loft alcança US$ 525 milhões em aportes”

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

9 comentários

  1. Depois de alargarem a praia, vão poder aumentar os edifícios. Aí alargam a praia de novo, e os edifícios ficam mais altos. Bem, a praia agora terá que ser alargada mais uma vez….

      1. Boa solução. Nova faixa pra ciclovias e serviços. A largura nova largura da praia não fará construírem prédios mais altos. Novo plano diretor já impôs novo recuo e limitou novos obras.

  2. Os prefeitos brasileiros são polímatas, entendem de tudo, desde covidose até fluxo e refluxo das marés passando pelo regime de ventos. Entulhe um molhe na barra e veja o mar avançar até a entrada dos edifícios, depois entulhe outros e mais outros para conter o avanço e assim por diante (quem for do ramo terá muito lucro). Como disse o sábio: “A Natureza não se defende, ela se vinga.” + 20% hoje, – 60% amanhã; o mundo é dos espertos.

  3. Oi pessoal,moro em Santa Catarina,tenho admiração pelas praias daqui e por isso vim definitivo morar aqui, estou um pouco triste de tanta beleza mas pode se acabar num piscar de olhos,e inadimissivel o que os gananciosos estão fazendo com a natureza, tenho mefo de ver coisas que nem os filmes,mas o fim esta perto e mesmo assim estao querendo invadir o que e da natureza Deus ja fez de tudo o melhor temos que preciar a natureza e cuidar e nao fazer o que eles querem aumentar o espaço de areia olha um um aviso, a resposta da natureza vai vir com muita força…. Só oremos a Deus que isso nunca aconteça. Mas estou com medo.

  4. Que absurdo!!! Por que a Greta Thunberg não vem xeretar nessa agressão à natureza? O meio ambiente está sendo desnaturado para servir ao deleite de uma elite esquerdista.

  5. ” O sol nasceu para todos e a sombra só existe para os inteligentes”. Sombra de guarda sol na práia pode e sombra de prédio não pode!!! Esquisito!!!!.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro