Governo brasileiro deve conceder visto humanitário a afegãos

Mulheres, crianças e idosos terão prioridade, informaram os ministérios das Relações Exteriores e da Justiça
-Publicidade-
Crianças, idosos e mulheres terão prioridade na concessão de vistos humanitários pelo governo brasileiro
Crianças, idosos e mulheres terão prioridade na concessão de vistos humanitários pelo governo brasileiro | Foto: Shutterstock/Trent Inness

Os ministérios das Relações Exteriores e da Justiça e Segurança Pública anunciaram na sexta-feira 3 que o governo brasileiro deverá conceder visto humanitário a afegãos que desejarem deixar seu país, priorizando mulheres, crianças e idosos.

No mês passado, o Itamaraty já havia informado que discutia a possibilidade de concessão de vistos humanitários “em termos semelhantes aos concedidos a haitianos e sírios”. Diferentemente do refúgio, o visto humanitário tem de ser feito fora do Brasil, em alguma unidade consular.

Leia mais: “ONU discutirá ajuda ao Afeganistão”

-Publicidade-

A embaixada mais próxima do Afeganistão é a de Islamabad, no Paquistão. De acordo com o Itamaraty, as embaixadas em Teerã, Moscou, Ancara, Doha e Abu Dhabi também poderão processar os pedidos de visto “para acolhida humanitária”.

Leia também: “Talibã e forças rebeldes entram em confronto no Vale do Panjshir”

“A medida é baseada nos fundamentos humanitários da política migratória brasileira”, diz a nota das duas pastas. Segundo o governo federal, a decisão reforça “o compromisso brasileiro com o respeito aos direitos humanos e com a solidariedade internacional”.

Leia também: “Itamaraty confirma retirada de segundo brasileiro do Afeganistão”

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro