Governo fecha contrato com empresa brasileira para aquisição de respiradores

Ministro da Saúde informou que indústrias brasileiras de outras áreas e bancos fornecem recursos para produção de respiradores.
-Publicidade-
Mandetta não acatou recomendação de entidade médica  | Foto: Divulgação
Mandetta não acatou recomendação de entidade médica | Foto: Divulgação

Ministro da Saúde informou que indústrias brasileiras de outras áreas e bancos fornecem recursos para produção de respiradores

Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta | Foto: Reprodução/Reprodução
-Publicidade-

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, informou nesta quarta-feira, 8, em coletiva de imprensa diária do governo a respeito da covid-19, que fechou o primeiro contrato com empresa brasileira para aquisição e entrega de mais respiradores.

“É um equipamento mais sensível, de complexidade mais alta. Não queremos que as pessoas necessitem dele; procuramos alternativas para evitar mas, caso necessitem, precisamos ter uma perspectiva”, disse.

Segundo ele, o governo materializou uma ação complexa para fazer a indústria nacional disparar uma produção de respiradores em tempo reduzido. Indústrias brasileiras de outras áreas e bancos se uniram em uma força-tarefa para que o Brasil possa contar com número suficiente de respiradores.

“Temos basicamente quatro empresas que produziam uma pequena quantidade de respiradores, com capacidade de produção bem limitada”, informa o ministro. E acrescenta que para uma delas, com  capacidade de produção em torno de 500 respiradores até o fim do ano, conseguiram-se recursos, em parceria com indústrias de outras áreas, e agora há a expectativa de que entregue 6.500 em 90 dias.

Mandetta também disse que 499 mil testes rápidos já foram distribuídos aos Estados. Além disso, o ministro afirmou que o governo receberá doação de 30 tomógrafos para o SUS, que vão auxiliar na identificação de lesões pulmonares. “O edital será preparado com os condicionantes para que os hospitais possam se candidatar a receber esses aparelhos”, completou.

De acordo com o site do governo, o ministro informou que mais de 85% dos municípios brasileiros não têm nenhum caso confirmado nem de covid-19 nem de síndrome respiratória aguda.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site