Ibaneis revoga medida polêmica em Ceilândia

Um dia antes, decreto restringiu funcionamento de bares e venda de bebidas
-Publicidade-
O governador do Distrito Federal (DF), Ibaneis Rocha (MDB)
O governador do Distrito Federal (DF), Ibaneis Rocha (MDB) | Foto: Renato Alves/Agência Brasília

O governador do Distrito Federal (DF), Ibaneis Rocha (MDB), revogou a medida que restringia o horário de venda de bebidas alcoólicas em estabelecimentos comerciais em Ceilândia, região mais populosa da capital federal. O decreto com a revogação foi publicado no Diário Oficial do Distrito Federal nesta quinta-feira, 21.

A portaria inicial foi publicada na terça-feira 19, pela Administração Regional de Ceilândia. A limitação no horário atingia comércios, bares e restaurantes da região administrativa. A justificativa seria “reduzir as taxas de crimes violentos letais intencionais do DF, de crimes contra o patrimônio e também aumentar a sensação de segurança dos moradores, melhorando a avaliação dos serviços e a confiança nas organizações de Segurança Pública”.

A medida previa que todos os estabelecimentos com venda de bebida alcoólica, como bares e restaurantes de Ceilândia, poderiam ficar abertos entre domingo, segunda, terça e quarta-feira até a meia-noite. Na quinta, sexta-feira e sábado, seriam autorizados para receber clientes só até as 2 horas.

-Publicidade-

Agora, com a revogação de Ibaneis, a medida não será mais necessária. O governador afirmou que “temos de garantir a segurança da sociedade, mas não é com medidas restritivas que podem afetar os empregos e provocar prejuízos aos comerciantes que vamos resolver o problema”.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

3 comentários Ver comentários

  1. O que diminui a violência, é igualdade de forças, ou seja; se o mala está armado, eu tambem tenho o direito!! Na regulamentação, concordo que a proibição daqueles ensurdecedores sons de funks, sim… Deveriam ser proibidos. Ninguem merece!!

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.