Indígenas e quilombolas terão desconto integral nas contas de energia

Nos próximos três meses, a população não vai precisar pagar conta de luz beneficiando cerca de nove milhões de brasileiros. 
-Publicidade-

Nos próximos três meses, a população não vai precisar pagar conta de luz

Foto: PxHere
-Publicidade-

Uma das medidas anunciadas pelo Governo Federal para auxiliar a população de baixa renda durante a pandemia da covid-19 é a isenção do pagamento das contas de energia.

Nos próximos três meses, a população não vai precisar pagar conta de luz beneficiando cerca de nove milhões de brasileiros.

Os indígenas e quilombolas que já tem 100% de desconto para o consumo de 50 kw/h passam a ter 100% de desconto até 220 kWh/mês.

O Governo Federal vai repassar R$ 900 milhões a distribuidoras de energia elétrica para custear a eletricidade para famílias de baixa renda, de acordo com informações da Agência Brasil.

Vão ter direito à isenção as famílias que estão escritas na tarifa social, um programa do Governo Federal que já garante desconto de até 65% nas contas de energia elétrica.

A gratuidade vale para o consumo de até 220 kWh/mês de 1º de abril até 30 de junho, e todas as contas de luz recebidas nesse período devem já registrar o desconto.

Se a conta não veio com desconto, o consumidor pode pedir uma segunda via, caso não seja possível, ou se a fatura já foi paga, o desconto virá em contas futuras mesmo após os três meses de gratuidade.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site